Unidades de Conservação | WWF Brasil


 
© ICMBIO/Parque Nacional do Iguaçu

Unidades de Conservação

Espaços territoriais com características naturais relevantes, as Unidades de Conservação (UCs) são criadas pelo poder público para serem administradas sob um regime específico que garanta sua proteção. De Parques a Reservas Particulares do Patrimônio Natural, o Programa Mata Atlântica do WWF-Brasil vem unindo forças para apoiar a criação e gestão dessas áreas, que protegem os poucos remanescentes de floresta ainda existentes.
Apesar de ser uma das regiões da America Latina mais beneficiada por UCs de proteção integral, esses ‘refúgios’ de Mata Atlântica sofrem com a urbanização, ocupação irregular, exploração de seus recursos naturais e falta de infra-estrutura e fiscalização.

O trabalho do WWF-Brasil volta-se, portanto, à valorização das áreas protegidas pela sociedade e à capacitação dos públicos envolvidos com a conservação, além do papel fundamental na criação dessas UCs – a exemplo da criação RPPN Corredor do Iguaçu/Araupel, com 5,1 mil hectares no Paraná, e da Área de Proteção Ambiental Bacia do Rio São João, com 145 mil hectares no Rio de Janeiro.

 
© WWF / Michel GUNTHER
Cerca de 500 espécies de pássaros habitam a Ecorregião Florestas do Alto Paraná, incluindo cinco variedades de tucanos
© WWF / Michel GUNTHER

Criação e implantação

Uma das iniciativas mais amplas do Programa Mata Atlântica do WWF-Brasil é a de criação e/ou ampliação de Unidades de Conservação (UCs) no Estado de São Paulo, em parceria com a Fundação Florestal e o Instituto Florestal.

Além de ter como base o Princípio da Representatividade, o projeto conta com a elaboração de um importante protocolo de identificação de áreas prioritárias para a conservação. Diagnósticos socioambientais e levantamento fundiário também subsidiam a proposta de criação dessas unidades. Acima de tudo, busca-se olhar as UCs de forma integrada, em que o uso de critérios ambientais permite um sistema representativo e complementar, ao invés da criação de áreas que pouco contribuam para a representação da biodiversidade regional.

O Projeto de Criação e Ampliação de Unidades de Conservação no Estado de São Paulo compreende um território composto por 160 municípios paulistas (porção paulista da Ecorregião Serra do Mar), e é responsável pela proposta de criação de uma UC em Bertioga (SP).

Em parceria com a RPPN Paraná (Associação Paranense de Proprietários de RPPNs), a WWF-Brasil também impulsionou a criação de 8 RPPNs no estado do Paraná.


Criação da Unidade de Conservação em Bertioga

Manguezal Guaratuba, em Bertioga, São Paulo, Brasil 
© WWF-Brasil / Instituto Ekos Brasil / R.A.F. Lima
Resultado do trabalho do WWF-Brasil envolvendo a mobilização da sociedade, esta nova UC foi criada em 2010.
Saiba mais
.
DOE AGORA
DOE AGORA