Mobilização para deter as mudanças climáticas

10 julho 2007

O Live Earth cumpriu a promessa de ser a maior mobilização mundial já feita para chamar atenção aos efeitos das mudanças climáticas.
O Live Earth cumpriu a promessa de ser a maior mobilização mundial já feita para chamar atenção aos efeitos das mudanças climáticas. Visto por milhões de pessoas ao vivo, pela TV e por pelo menos 55 milhões de internautas, o evento serviu para focar as atenções do mundo no dia 07 de julho para como podemos nos unir para deter o aquecimento global e suas conseqüências.

A Rede WWF apoiou a realização do Live Earth em diversos países, principalmente nos locais oficiais do show: Nova Iorque, Londres, Johanesburgo, Shangai. Tóquio, Sidnei, Hamburgo e no Rio de Janeiro. No Brasil, o evento foi gratuito e foi assistido por 400mil pessoas na praia de Copacabana que acompanharam atrações nacionais, como Jorge Ben Jor e Jota Quest, e internacionais, como Lenny Kravitz e Macy Gray. Os shows foram pontuados por mensagens sobre meio ambiente e dicas de como cada um de nós pode ajudar.

O WWF-Brasil atuou ativamente no evento do Rio de Janeiro com ações de conscientização sobre o tema. A participação da instituição começou com a participação em caminhada organizada por organizações cariocas no dia do evento para chamar atenção aos problemas ambientais da cidade.

Contamos ainda com a ajuda de 63 voluntários que distribuíram 13.000 bandanas fabricadas com tecido feito de fibra de garrafas plásticas recicladas e que também traziam dicas ambientais. Para receber a bandana, as pessoas eram convidadas a cadastrarem-se para acompanhar nossas ações pela natureza.

Na área VIP, o WWF-Brasil esteve presente com um estande no qual o público foi convidado a assinar uma petição por uma política nacional de mudanças climáticas, ação promovida em parceria com o Fórum Brasileiro de ONGs e Movimentos Sociais para o Meio Ambiente e o Desenvolvimento (FBOMS). Também foram distribuídos abadás fabricados com tecido feito com garrafas plásticas recicladas. Além disso, várias personalidades presentes gravaram vídeos com mensagens sobre a importância de fazermos nossa parte para diminuir as causas do aquecimento global.

Todos os materiais distribuídos estampavam a mensagem global da Rede WWF cuja versão em português foi: “O clima esquentou para você”. O objetivo da frase foi de provocar o público a pensar na responsabilidade de cada um de nós e o quanto podemos alcançar se nos mobilizarmos para deter as mudanças climáticas. Traduções desta mesma frase foram divulgadas nos diversos eventos ligados ao Live Earth pelo mundo. Mesmo em locais nos quais não ocorreram shows, a Rede WWF apoiou iniciativas que discutissem o problema do aquecimento global.

Para o WWF-Brasil, o Live Earth significou uma oportunidade singular de chamar a atenção de governantes, artistas e do público para as mudanças climáticas. Mais que isso, a expectativa é que o evento tenha sido apenas um primeiro passo para uma mobilização mundial em torno das soluções para estes problemas.

“As mudanças climáticas projetadas para os próximos 100 anos são, sem dúvida alguma, um dos maiores desafios que a humanidade deverá enfrentar nos próximos anos”, explica Denise Hamú, secretária-geral do WWF-Brasil. “Para obtermos um resultado efetivo para melhorar o clima do planeta no futuro, é preciso que várias soluções sejam implementadas que variam desde o consumo consciente dos cidadãos, a um plano efetivo de combate ao desmatamento e o comportamento sócio-ambiental correto das empresas”, exemplifica.
Mãe e filho acompanham a movimentação do Live Earth nas areias da praia com a bandana do WWF-Brasil.
© WWF-Brasil / Fernando Zarur
Parte da equipe de mais de 60 voluntários que ajudaram o trabalho de conscientização do WWF-Brasil no Live Earth.
© WWF-Brasil / Marisol França
DOE AGORA
DOE AGORA