Professores levam sustentabilidade para casa | WWF Brasil

Professores levam sustentabilidade para casa



22 junho 2012    
Logo oficial do Governo do Brasil para a Rio+20
© ONU
 Um grupo de dezenas de professores de escolas do Rio de Janeiro, de outros estados e inclusive de fora do país levam da Rio+20 algo mais que boas recordações: uma série de materiais didáticos e boa dose de entusiasmo para educação ambiental.

O grupo participa, nesta sexta-feira - último dia da Conferência da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável – de oficina de educação ambiental na Fundação Planetário, no Rio de Janeiro, como parte da programação da Rio+20.

A oficina, organizada pelo Instituto Supereco, tem apoio do WWF-Brasil e do Programa Água Brasil, concebido pelo Banco do Brasil e desenvolvido em parceria com Fundação Banco do Brasil, Agência Nacional de Águas e WWF-Brasil.

O grupo conheceu o livro “Investigando a Biodiversidade: guia de apoio aos educadores do Brasil”, uma publicação conjunta do WWF-Brasil, Conservação Internacional e Supereco. O livro tem como objetivo apoiar o trabalho de educadores. A obra é uma adaptação brasileira para o material “ExploringBiodiversity”, uma copublicação da Conservação Internacional e do WWF. A publicação pode ser encontrada nos sites da Conservação Internacional e do Instituto Supereco.

Além do “Investigando”, os professores levaram para casa também o jogo Reciclando, desenvolvido pelo WWF-Brasil em conjunto com o Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (MNCR) pela Galápagos Jogos. “O jogo Reciclando é uma excelente ferramenta de educação. Traz, de maneira lúdica, o universo dos catadores de materiais recicláveis, trabalhando valores como a responsabilidade no consumo e a necessidade de reduzir a geração de resíduos, reutilizar materiais e produtos e encaminhar resíduos para a reciclagem”, conta o coordenador do programa Educação para Sociedades Sustentáveis do WWF-Brasil, Fábio Cidrin.

Os professores também receberam exemplares do “Pequeno guia de consumo para um mundo pequeno”, publicação lançada durante a Rio+20 com dicas para o consumo responsável. A publicação, em papel certificado, tem dicas relacionadas à casa, ao trabalho, locomoção.

A bióloga Terezinha Martins, do WWF-Brasil, fez ainda, durante o evento, uma apresentação do cálculo da pegada ecológica, método que mede o impacto da ação humana sobre a natureza.
“Esse tipo de oficina é muito útil para o trabalho em sala de aula, porque amplia a nossa visão sobre o assunto”, disse a professora carioca Zoraia Leite da Silva.

A professora GiulianaZegarra, do Peru, se disse entusiasmada para voltar para casa e começar um projeto piloto de educação ambiental usando os novos conhecimentos eferramentas que conheceu na oficina. “Tudo aqui é muito novo para mim. Precisamos desse trabalho continuado para fazer a mudança necessária”, disse.
Logo oficial do Governo do Brasil para a Rio+20
© ONU Enlarge
DOE AGORA
DOE AGORA