Parque Nacional Juruena | WWF Brasil

Parque Nacional Juruena



 rel=
banner
© WWF-Brasil

Criado em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, 5 de junho, e localizado entre o norte do estado do Mato Grosso e sul do Amazonas, o Parque Nacional Juruena conta com uma área de 1,9 milhão de hectares. É o terceiro maior parque do Brasil, atrás apenas do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque (com 3,9 milhões de hectares) e do Parque Nacional do Jaú (com 2,3 milhões hectares). Os dois últimos já recebem suporte do Programa Arpa (Áreas Protegidas da Amazônia).

O Parque Nacional Juruena era uma das últimas unidades de conservação faltantes para a implementação do Corredor de Conservação do Sul da Amazônia, um mosaico de Unidades de Conservação que podem conter o processo de degradação da Amazônia.

Do dia 13 de junho a 2 de julho, barcos, jipes, helicóptero e avião serão utilizados pela equipe da Expedição Juruena-Apuí para percorrer mais de mil quilômetros do recém-criado Parque Nacional do Juruena e do Mosaico de Apuí. Será a primeira vez que um grupo de técnicos de conservação ambiental, biólogos e jornalistas visitam a área.

A expedição também irá detectar focos de garimpo e o modo de vida de comunidades tradicionais, como os povos Kayabi e Apiacás que vivem na região. A iniciativa é do WWF-Brasil (Programa de Áreas Protegidas e Apoio ao Arpa), Ibama, e Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (SDS), e conta com parceria do ICV (Instituto Centro da Vida) e do WWF-Alemanha. Essa ação enquadra-se nas atividades complementares do WWF-Brasil em apoio à implementação do Arpa.

 
	© WWF-Brasil
Caminho percorrido pela Expedição Juruena-Apuí
© WWF-Brasil
 
	© ICV / Gustavo Irgang
Salto Augusto - primeiro obstáculo para a descida do rio e o primeiro ponto onde estaremos verdadeiramente dentro do Parque Nacional Juruena.
© ICV / Gustavo Irgang