Embaixadores dos Rios da Amazônia | WWF Brasil
© Adriano Gambarii

Botos, os Embaixadores dos Rios da Amazônia

O boto-cor-de-rosa (Inia geoffrensis), protagonista de muitas lendas da Amazônia, é um indicador da qualidade da água e equilíbrio dos rios. Por ser tão importante, ele é o nosso embaixador dos Rios da Amazônia.

Para descobrirmos mais sobre o comportamento dos botos, o WWF-Brasil está desenvolvendo um monitoramento inédito dessa espécie.

Pequenos aparelhos instalados nos animais irão enviar informações sobre o seu posicionamento várias vezes ao dia, o que permitirá trabalhos de conservação mais eficientes das espécies e do ecossistema onde vivem. Também foram colhidas diversas amostras biológicas dos botos, para acompanhar a saúde dos animais. As ameaças aos habitats e à sobrevivência dos botos têm aumentado por toda a Amazônia, com os projetos de hidrelétricas e a contaminação das águas dos rios por mercúrio vindo de garimpos.

Das 7 espécies de botos de água doce do planeta, a Amazônia agrega 4 delas. Está nas mãos dos países amazônicos a responsabilidade de evitar que eles sejam extintos! 

O Boto-cor-de-rosa precisa de você!
O maior golfinho de água doce do mundo tem olhos bem pequenos e focinho alongado, mas sua simpatia não impede que ele sofra duas grandes ameaças: a pesca de piracatinga e a construção de hidrelétricas.
Com uma adoção simbólica você ajuda a salvar os botos e a regiões onde vivem. E ainda recebe uma pelúcia!
 

ADOTE UM BOTO

Seja um Doador do WWF-Brasil e apoie nossos projetos!
                                      
Você ajuda a proteger espécies ameaçadas de extinção, a conservar grandes áreas ambientais, a impactar positivamente a vidas das pessoas que vivem nelas; e nos fortalece para criarmos uma rede de pessoas que praticam o consumo consciente e são preocupadas com a pegada ecológica que deixam no planeta.
 

DOE AGORA

NOTÍCIAS

ONGs de Rondônia alertam contra o desmonte de unidades de conservação na Amazônia

Assembleia Legislativa de Rondônia põe em risco um território três vezes e meia maior que a cidade de São Paulo com florestas ...

16 Mai 2018 Leia mais »

Aetrapp chega a Recife

Cidadãos da capital nordestina podem se engajar até o dia 9/5 no combate à proliferação do mosquito Aedes aegypti

07 Mai 2018 Leia mais »

Espécie pouco conhecida da Ciência, a pacarana (Dinomys branickii) é filmada pela primeira vez em reserva extrativista no Acre

Oito armadilhas fotográficas registraram os animais que vivem na Resex Chico Mendes

09 Abr 2018 Leia mais »

© naturepl.com / Mark Carwardine / WWF

Cadastre-se para saber mais!

       
       

       
       

       
       

       
       
   

       
   


   

GALERIA DE FOTOS

DOE AGORA
DOE AGORA