9 mil pessoas engajadas na causa do plástico nos oceanos | WWF Brasil

9 mil pessoas engajadas na causa do plástico nos oceanos



12 Setembro 2018   |  
Até 2050, previsões indicam que haverá mais plásticos que peixes nos oceanos
© WWF-Brasil
Em 2017, em parceria com o Instituto Mar Adentro, o WWF-Brasil conseguiu mobilizar quatro mil pessoas na proteção dos oceanos. Agora, com a ajuda de novos parceiros, 2018 nem acabou e já se somam mais cinco mil pessoas a essa causa.



Neste ano, realizamos quatro mutirões de limpeza em parceria com Unilever, ONU Meio Ambiente e dezenas de atores locais, no Rio de Janeiro (RJ), Recife (PE), Noronha (PE) e Niterói (RJ). Ao todo, foram 1.536,60 kg de resíduos recolhidos e 1.030 voluntários engajados. Parte dos resíduos coletados durante os mutirões está sendo aproveitado para novas embalagens sustentáveis de produtos OMO.
 
Além disso, a peça de teatro Um Passeio Mar Adentro já foi assistida neste ano por 3.576 pessoas, em 13 apresentações. Destas, 12 foram gratuitas para as criaças dos Centros Integrados de Educação Pública (CIEP) do Rio de Janeiro e uma foi durante a Marcha pelos Oceanos, evento de mobilização que reuniu cerca de 100 pessoas também no Rio, em junho, em comemoração ao Dia dos Oceanos.
 
Plástico nos oceanos
 
As ações fazem parte da estratégia do WWF-Brasil contra o problema do plástico nos oceanos. Estudo da Fundação Ellen MacArthur em parceria com o Fórum Econômico Mundial prevê que, até 2050, haverá mais plástico que peixes nos oceanos.
 
Um dado preocupante e que precisa da ação de todos os setores da sociedade para ser solucionado. “Nossa relação com o mar não pode morrer na praia. Os oceanos são responsáveis por 54,7% de todo o oxigênio da Terra, produzido pelas algas marinhas”, afirma Anna Carolina Lobo, coordenadora do Programa Mata Atlântica e Marinho do WWF-Brasil.
 
Chamada de Amazônia Azul, a costa brasileira é um dos maiores litorais do mundo, com mais de 9.000 km, percorrendo 17 estados e 463 cidades, com 46 milhões de habitantes. “Precisamos urgente falar sobre o tema marinho, com o maior número de pessoas. É por isso que o WWF no Brasil e em todo o mundo está aumentando suas iniciativas para o problema causado pelos plásticos nos oceanos”, afirma Anna Carolina.
 
O que você pode – e deve – fazer!
  • Troque garrafas e copos plásticos por copos de vidro e garrafas reutilizáveis, como de alumínio.
  • Evite sacolas plásticas e ande sempre com ecobags.
  • Não use mais canudinhos. Quer item mais dispensável?
  • Troque cotonetes tradicionais pelos de bambu, muito mais sustentáveis!
  • Sempre que for à praia, leve embora com você todos os resíduos.
Até 2050, previsões indicam que haverá mais plásticos que peixes nos oceanos
© WWF-Brasil Enlarge

Comentários

blog comments powered by Disqus
DOE AGORA
DOE AGORA