Políticas públicas



Aperfeiçoando o gerenciamento de recursos hídricos no Brasil

O programa pretende influenciar as políticas públicas e incorporar uma aproximação na gestão de recursos hídricos com a conservação dos ecossistemas aquáticos. Antes de promover os usos mútiplos, é preciso garantir a saúde do sistema de água doce.

Nós atuamos, também, no aperfeiçoamento dos mecanismos para participação da sociedade civil na conservação e gestão de recursos hídricos no Brasil. Entendemos que a sociedade tem papel fundamental na busca de mecanismos de transparência e também no reaparelhamento e capacidade de infra-estrutura de atuação dos órgãos públicos de meio ambiente no País. Não apenas pode fazer pressão ou denúncias, mas contribui e assume o papel de co-responsável na busca de soluções para a conservação e o uso deste patrimônio que é essencial para a vida: a água.

Em 2004, foi lançado o projeto Observatório das Águas para monitorar, sistematizar, analisar e disseminar projetos e diretrizes que tramitam no âmbito do poder público federal, instituições financeiras e organizações laterais, que possam afetar qualidade/quantidade de água, a vida das pessoas, até mesmo o desempenho econômico do país. O projeto tem como principal público alvo os tomadores de decisões.

O programa também procura diminuir a distância entre Brasília e o resto do Brasil; acompanha e apóia o instituto Ipanema, do Rio de Janeiro, que representa as ONGs ambientalistas, nesse conselho, e que é coordenador do GT, de água como conselho; acompanha as ações no Conselho Nacional de Recursos Hídricos e Câmara Técnicas; participa do Fórum Nacional de Bacias Hidrográficas; contribui para a implementação de recursos hídricos.

Temos assento, ainda, na Câmara Temática de Recursos Hídricos do Fórum Nacional de Mudanças Climáticas coordenada pela Agência Nacional da Água (ANA).

O Programa Água para a Vida também apóia o projeto Rede das Águas (www.redeaguas.org.br), que tem um site com informações sobre gestão de água no Brasil. O projeto acompanha o dia a dia nos comitês de bacias hidro disseminando essas informações pelo Brasil.

DOE AGORA
DOE AGORA