Curiosidades sobre a Zona Costeira



Você Sabia?

· Todos os anos os rios carregam para o Pantanal cerca de 50 milhões de toneladas de terra e areia. Somente um terço dos sedimentos deixa a região, fazendo com que o acúmulo de resíduos altere o leito dos rios e aumente a área alagada.

 · Brasil possui 7.367 km de linha costeira, sem levar em conta os recortes litorâneos (baías, reentrâncias, golfões etc.), que ampliam significativamente essa extensão, elevando-a para mais de 8,5 mil km.

 · O litoral está quase todo voltado para o Atlântico Sul. Porém, uma pequena parcela (no extremo norte do país) debruça-se sobre o Mar do Caribe.

 · O Amapá conta com uma das maiores áreas costeiras do país (12,3% do total) e o Piauí detém a menor área (0,2% do total).

 · A densidade demográfica média da Zona Costeira é de 87 hab/km², cinco vezes superior à média nacional, de 17 hab/km².

 · As tartarugas marinhas estão entre os animais mais antigos do planeta. Existem há mais de 150 milhões de anos e conseguiram sobreviver a todas as mudanças registradas no globo terrestre durante esse período.

 · As cinco espécies de tartarugas marinhas encontradas no Brasil são: tartaruga verde (a mais comum), a cabeçuda, a pente, a oliva e a gigante (a mais ameaçada no país).

 · O arquipélago de Fernando de Noronha fica a 345 km da costa do nordeste brasileiro e é constituído por uma ilha principal e 19 ilhotas, totalizando 26 km2. De origem vulcânica, Fernando de Noronha possui um dos maiores índices de biodiversidade marinha do Brasil.

 · Somente na costa do Rio Grande do Sul - conhecida como um centro de aves migratórias – já foi registrada a presença de aproximadamente 570 espécies de aves diferentes.

 · O fato de a grande maioria dos principais rios nacionais convergir para a Zona Costeira, alguns carregados de resíduos de agrotóxicos e adubos e efluentes das indústrias, faz dela uma região muito vulnerável aos impactos ambientais.

DOE AGORA
DOE AGORA