ONGs se posicionam sobre a crise do desmatamento e queimadas na Amazônia na COP 25 | WWF Brasil

ONGs se posicionam sobre a crise do desmatamento e queimadas na Amazônia na COP 25



12 Dezembro 2019    
Declaração conjunta é também resultado do seminário “Desmatamento e Queimadas na Amazônia: Tendências, Dinâmicas e Soluções”
© Reprodução/Inesc
Declaração conjunta é também resultado do seminário “Desmatamento e Queimadas na Amazônia: Tendências, Dinâmicas e Soluções”

Em dezembro de 2019, na COP 25 da Convenção das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (UNFCCC), em Madri, ativistas brasileiros de direitos humanos e ambientais lançaram uma declaração conjunta sobre a crise do desmatamento e queimadas na Amazônia brasileira.

Assinada por 110 organizações da sociedade civil, redes e movimentos sociais, a declaração apresenta uma análise crítica das tendências recentes e fatores de desmatamento e queimadas na Amazônia, bem como consequências para a crise climática global e outros impactos sociais e ambientais. A declaração também apresenta um apelo à ação, destinado a mobilizar a sociedade brasileira e a comunidade internacional para que adotem medidas concretas em defesa da Amazônia e dos direitos de seus povos. A declaração foi emitida em inglês, espanhol e português.

A declaração conjunta é resultado também de um seminário intitulado “Desmatamento e Queimadas na Amazônia: Tendências, Dinâmicas e Soluções”, organizado pela Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (CMADS) da Câmara dos Deputados no Congresso Brasileiro. O evento foi realizado em Brasília, em 28 de novembro de 2019.

O lançamento da declaração conjunta na COP 25 foi acompanhado por um vídeo curto produzido pelo documentarista Todd Southgate, em parceria com organizações da sociedade civil. O vídeo, com versões em inglês e português, inclui imagens da Amazônia e destaques do seminário do Congresso, incluindo depoimentos de representantes de povos indígenas, movimentos sociais, ONGs e instituições públicas.


DOE AGORA
DOE AGORA