Encontro do projeto Amazônia Indígena no Peru elenca demandas territoriais

27 março 2024

Organizações indígenas refletem sobre fortalecimento institucional e incidência em encontro no Peru
Diversas delegações de organizações indígenas se reuniram com parceiros em Lima, dos dias 26 a 28 de fevereiro, para refletir sobre suas estratégias de atuação. O encontro também teve como objetivo avaliar a contribuição do projeto Amazônia Indígena (AIRR) para o fortalecimento institucional das organizações indígenas, seus desdobramentos, ambições e gargalos. 

"Interculturalidade, incidência com impacto, monitoramento territorial, economia com autodeterminação e organizações indígenas cada vez mais fortalecidas" foram os principais temas dos aprendizados da Reunião Regional de Pausa e Reflexão do AIRR. 

Entre as delegações presentes estiveram COIAB, OPIAC, CONFENIAE e AIDESEP, e suas respectivas bases, além de ONGs do Brasil, Colômbia, Equador e Peru. Reunidas, as organizações indígenas avaliaram positivamente a iniciativa. Especialmente no Brasil, as lideranças reiteraram a importância das formações nas áreas de comunicação, gestão, funcionamento do Estado brasileiro, uso de tecnologias para proteção territorial, economia indígena. Outro tópico abordado foi o fortalecimento da atuação das organizações em ações de incidência local, nacional e internacional. 

O projeto é implementado nesses quatro países com o apoio da USAID e implementado por parceiros indígenas e da sociedade civil. Representantes da FEPIPA, FEPOIMT, COIAB, ICV, IPAM, OPAN e WWF-Brasil fizeram parte da delegação brasileira. 
Lideranças indígenas da COIAB, OPIAC, CONFENIAE e AIDESEP se uniram no Peru para fortalecer suas estratégias de atuação
© WWF-Perú
Temas como interculturalidade e economia foram abordados
© WWF Perú
Delegações do Brasil, Colômbia, Equador e Peru participaram, enfatizando formações e incidência local
© WWF Perú
DOE AGORA
DOE AGORA