Pecuaristas recebem certificação de boas práticas | WWF Brasil

Pecuaristas recebem certificação de boas práticas



27 Maio 2019    
O Pantanal tem 98% de sua área ocupada por propriedades privadas voltadas para agricultura e criação bovina.
© Adriano Gambarini
Thaís Santos
Edição e supervisão de Renata Andrada Peña

Investir em boas práticas pecuárias é um dos focos do WWF-Brasil no Pantanal, região que tem 98% de sua área ocupada por propriedades privadas voltadas para agricultura e criação bovina. Para reconhecer o trabalho dos produtores que implementam essas ações em suas propriedades, o WWF-Brasil entregou certificados de boas práticas a 50 integrantes da Associação Novilho Precoce, do Mato Grosso do Sul. 

O certificado de implantação do Protocolo Novilho Precoce de Boas Práticas Agropecuárias (BPA) da Embrapa Gado de Corte foram entregues àqueles que desenvolveram seus trabalhos de acordo com o Guia de Indicadores de Pecuária Sustentável (GIPS), do Grupo de Trabalho da Pecuária Sustentável (GTPS). A implantação do protocolo garante a produção de alimentos seguros e é também uma ferramenta de gerenciamento que possibilita a identificação pelo produtor dos pontos que o comércio nacional e internacional tem exigido de seus produtores para assegurar a qualidade e segurança dos alimentos. Essa exigência garante que os produtos ofertados estão de acordo com o as normas do mercado.

"Para nós do WWF-Brasil, a parceria com o setor produtivo é de fundamental importância para que possamos garantir que nossa missão seja efetiva: a de produzir em harmonia com a natureza, garantindo a sustentabilidade socioambiental", diz Flávia Acceturi, analista de Conservação do WWF-Brasil.  "As entregas dessas certificações, são a consolidação de dois anos de parceria com a Novilho Precoce. As fazendas certificadas equivalem a 141.248,46 mil hectares", explica Flávia.

Durante  dois anos de trabalho foram feitas diversas visitas técnicas, cursos e treinamentos nas fazendas que refletem diretamente no desemprenho da equipe e no ganho de produção da fazenda.

WWF e a Novilho Precoce
O WWF-Brasil, desenvolve, desde 2016 trabalhos em parceria com a Associação Novilho Precoce. O foco da parceria é a expansão das propriedades que adotam boas práticas pecuárias, em busca de resultados de impacto na conservação de solo, água e biodiversidade, ao mesmo tempo, estimulando e apoiando a estruturação de cadeias produtivas responsáveis, com foco no bem-estar animal e ambiental.

 
O Pantanal tem 98% de sua área ocupada por propriedades privadas voltadas para agricultura e criação bovina.
© Adriano Gambarini Enlarge
A pecuária é uma das principais fontes de renda e faz parte da cultura pantaneira
© Adriano Gambarini/WWF-Brasil Enlarge
DOE AGORA
DOE AGORA