A importância da energia na visão dos jovens | WWF Brasil

A importância da energia na visão dos jovens



29 Maio 2018    
Projeto leva educação ambiental e energética a jovens
© WWF-Brasil
Por Bruna M. Cenço
 
Algumas coisas são tão corriqueiras no dia-a-dia que nem percebemos todo o processo por trás. Uma delas é a energia elétrica. Em mais de 90% das casas do Brasil e na grande maioria dos locais do mundo, você aperta o interruptor e a luz acende. Você pressiona o botão do controle e a televisão liga. Mas de onde vem essa comodidade e qual a importância de usá-la com consciência? É isso que milhares de estudantes nos estados de Bahia, Pernambuco e Rio Grande do Norte têm sido convidados a se questionar, durante o Festival Tô Ligado na Energia.

A iniciativa, desenvolvida pelo grupo NeoEnergia, por meio das distribuidoras Coelba (Bahia), Celpe (Pernambuco) e Cosern (Rio Grande do Norte), é uma espécie de gincana em que alunos de escolas públicas aprendem e testam seus conhecimentos sobre uso sustentável, seguro e eficiente da energia. Durante quatro semanas, os alunos participam na sua escola de oficinas de teatro, música, grafite, conexão (que trata especificamente de temas de eficiência e segurança energética) e comunicação, além de outras tarefas. O WWF-Brasil é o responsável pelas oficinas de comunicação em todos os estados e pela realização do festival no Rio Grande do Norte.

No final de maio, poucos antes do Dia Mundial da Energia, comemorado em 29/05, celebrou-se o encerramento do festival em algumas escolas, entre elas o Centro de Educação Profissional Lourdinha Guerra, em Parnamirim, na região metropolitana de Natal. O Dia Show, como é chamada a cerimônia para a mostra dos alunos, lotou o ginásio da escola e teve apresentações emocionantes e muito animadas das três equipes: verde, amarela e azul.
“O festival foi incrível e mostrou como economizar energia de forma divertida e consciente. Isso ajudou a maioria da nossa escola”, comentou Ludmylla Sarah, uma das participantes da equipe verde.

Ao som de reggae e samba, os alunos apresentaram suas composições próprias envolvendo o tema da energia e a importância de economizar eletricidade para preservar os recursos naturais.

“Eu nunca fui de secar roupa atrás da geladeira, mas, mesmo assim, aprendi bastante coisa. Além disso, o festival promoveu a integração entre os alunos, já que todo mundo chegou agora, no primeiro ano do Ensino Médio, e não se conhecia direito”, disse Elisa Vitória, líder da oficina de conexão da equipe amarela.

Além das apresentações artísticas e tarefas de engajamento (com posts no blog e nas principais redes sociais), os jovens ainda competiram para ver qual equipe mais arrecadava lixo reciclável, o que resultou na coleta de uma tonelada de resíduos. Agora, o valor arrecadado com a venda desse material será abatido da conta de eletricidade de uma instituição escolhida por eles.

De acordo com a responsável pelo projeto no WWF-Brasil, Alessandra Mathyas, o Festival consegue promover, de forma lúdica, o pensamento crítico dos jovens em relação ao consumo de energia, possibilitando mudanças reais no comportamento deles e de suas famílias.

“A geração de energia nos reservatórios tem diminuído muito devido aos efeitos das mudanças climáticas e o combate ao desperdício de energia é um dos grandes trunfos para garantir energia a todos. Os jovens têm um poder enorme de mobilização e, a partir do momento em que eles se conscientizam, os resultados são enormes”, finaliza.

O Festival Tô Ligado na Energia acontece até o final deste ano. Ao todo, serão oito escolas na Bahia, oito em Pernambuco e quatro escolas no Rio Grande do Norte. O projeto integra o Programa de Eficiência Energética regulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL. Para saber mais, acesse o site www.festivaltoligadonaenergia.com.br ou siga o perfil nas redes sociais (Facebook e Instagram).
Projeto leva educação ambiental e energética a jovens
© WWF-Brasil Enlarge
DOE AGORA
DOE AGORA