WWF-Brasil tem programação digital pra celebrar o Dia do Meio Ambiente | WWF Brasil

WWF-Brasil tem programação digital pra celebrar o Dia do Meio Ambiente



20 maio 2020    
White-edged treefrog (Hypsiboas albomarginatus), Bertioga, São Paulo, Brazil.
Restinga paulista: biodiversidade vulnerável à pressão imobiliária e turística.
© WWF-Brazil / Instituto Ekos Brasil / Mauricio Forlani
A partir desta sexta-feira, 22 de maio, até o dia 12 de junho, o WWF-Brasil fará uma série de bate-papos ao vivo com especialistas sobre assuntos relacionados ao meio ambiente. Ao todo, serão quatro encontros semanais, sempre às sextas-feiras, com duração de aproximadamente uma hora cada. 

Confira a programação:
  • 22/05: Biodiversidade
  • 29/05: Mata Atlântica
  • 05/06: Amazônia
  • 12/06: Oceanos
Para participar, basta acessar a página do WWF-Brasil no Facebook

O bate-papo desta sexta é "A importância da Biodiversidade para as pessoas" e está programado para as 13h. As convidadas deste dia são Ana Paula Prates, Conselheira da Liga das Mulheres pelos Oceanos e da Fernanda Werneck, Pesquisadora em Biodiversidade do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA). A moderação será de Paula Valdujo, especialista de Conservação do WWF-Brasil. 

Saiba um pouco mais sobre elas abaixo.

Paula Valdujo 
Paula Hanna Valdujo é Especialista de Conservação do WWF-Brasil, bióloga e doutora em Ecologia pela Universidade de São Paulo. Atua na área de planejamento territorial, combinando informações sobre a distribuição da biodiversidade no espaço, os serviços ecossistêmicos e o uso do território, com o objetivo de planejar paisagens produtivas e ambientalmente sustentáveis. 

Fernanda Werneck 
Dra. Fernanda Werneck é Pesquisadora em Biodiversidade do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA), onde atua como Curadora e Coordenadora do Programa de Coleções Científicas e Biológicas. As linhas de pesquisa do seu grupo de pesquisa envolvem o estudo da evolução e conservação da diversidade de anfíbios e répteis (herpetofauna) da região Neotropical, com foco em biomas abertos e florestais da América do Sul; efeitos de mudanças climáticas sobre a biodiversidade (https://wernecklab.weebly.com). Vencedora do prêmio Internacional Rising Talents da L´Oréal-UNESCO For Women in Science de 2017 e do prêmio L´Oréal-UNESCO-ABC Para Mulheres na Ciência de 2016, área Ciências Biológicas.  

Ana Paula Prates  
Engenheira de Pesca, Mestre em Ciências da Engenharia Ambiental, Doutora em Ecologia e com Pós-doutorado em Psicossociologia de Comunidades e Ecologia Social. Trabalha há mais de 25 anos com políticas públicas para a conservação da biodiversidade costeira e marinha. É professora e orientadora do Programa de Mestrado e Doutorado Profissional em Biodiversidade em Unidades de Conservação – Jardim Botânico do Rio de Janeiro e Conselheira da Liga das Mulheres pelos Oceanos. 
 
White-edged treefrog (Hypsiboas albomarginatus), Bertioga, São Paulo, Brazil.
Restinga paulista: biodiversidade vulnerável à pressão imobiliária e turística.
© WWF-Brazil / Instituto Ekos Brasil / Mauricio Forlani Enlarge
Webinars acontecem toda sexta-feira, às 13h
© WWf-Brasil Enlarge
DOE AGORA
DOE AGORA