WWF-Brasil lança revista com artigos inéditos sobre o Pantanal | WWF Brasil

WWF-Brasil lança revista com artigos inéditos sobre o Pantanal



03 Julho 2018   |  
Revista Ciência Pantanal traz particularidades de animais e plantas do Pantanal
© André Dib/WWF-Brasil
O Pantanal tem peixes tão adaptados aos ciclos de cheia e seca que eles parecem “cair do céu” com as chuvas. Na verdade, essas espécies anuais depositam seus ovos na lama para atravessar toda estação seca e eclodir apenas no início da cheia. Em terra firme, nas pastagens, besouros realizam um trabalho fundamental para a fertilização dos solos, distribuindo e enterrando as fezes de bois, queixadas e outros bichos. E, lá embaixo, em túneis subterrâneos, o tatu-de-rabo-mole vive 99% do seu tempo à caça de formigas e cupins. Quando emerge, é só para dar uma voltinha em pleno sol quente e logo mergulhar em um novo buraco. Cada uma a seu modo, as muitas espécies da fauna pantaneira contribuem para o equilíbrio dos ecossistemas, com seu comportamento curioso e muitas vezes desconhecido.

As particularidades desses e outros animais e plantas – comuns ou recém-descobertos, nativos ou “naturalizados” – estão na revista Ciência Pantanal, lançada hoje pelo WWF-Brasil e que reúne artigos escritos por pesquisadores de todo o Brasil. Cada texto é um ponto de partida para repensar a relação do homem com o Pantanal.

Para o coordenador do Programa Cerrado Pantanal do WWF-Brasil, Júlio César Sampaio, a revista é uma oportunidade única de diversos públicos conhecerem a beleza e a riqueza da maior área úmida do planeta. “Todos esses temas são detalhados por especialistas, ilustrados com fotos e gráficos, em linguagem acessível, para informação dos interessados na conservação da natureza e da cultura pantaneira”, diz Sampaio.

A revista trata também dos esforços para a conservação das cabeceiras dos rios pantaneiros e ressalta a importância dos sistemas de drenagem em funcionamento na planície, para entender os possíveis impactos das atividades humanas. E mostra os benefícios do saber tradicional quando aplicado em comunidade, como no caso da pesca artesanal. Sem contar as possibilidades, num futuro próximo, de montar sistemas de alerta eficientes para prevenir mortes e danos materiais com a queda de raios, numa região de alta incidência de descargas, como é o Pantanal.

Publicação anual

A revista Ciência Pantanal lançada agora em 2018 pelo WWF-Brasil está na sua quarta edição. A publicação anual foi incialmente criada pela WCS Brasil (Associação Conservação da Vida Silvestre) para levar resultados de pesquisas realizadas no Pantanal aos pantaneiros e demais interessados na conservação da natureza e da cultura pantaneira. O diretor-executivo do WWF-Brasil, Maurício Voivodic, apresenta a quarta edição sai sob coordenação editorial de Alexine Keuroghlian e Júlia Boock e edição executiva da jornalista ambiental Liana John. A distribuição da revista impressa é gratuita, (clique no PDF ao lado para baixar a revista na íntegra). 
Revista Ciência Pantanal traz particularidades de animais e plantas do Pantanal
© André Dib/WWF-Brasil Enlarge
A publicação anual está na sua quarta edição e é uma oportunidade única de diversos públicos conhecerem a beleza e a riqueza da maior área úmida do planeta
© André Dib/WWF-Brasil Enlarge
A revista é uma oportunidade única de diversos públicos conhecerem a beleza e a riqueza da maior área úmida do planeta
© André Dib/WWF-Brasil Enlarge

Comentários

blog comments powered by Disqus
DOE AGORA
DOE AGORA