Pelo Cerrado Vivo: começa hoje o Encontro dos Povos | WWF Brasil

Pelo Cerrado Vivo: começa hoje o Encontro dos Povos



11 Setembro 2019   |  
A corrida com toras ocorreu na manhã do dia 11, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília
© WWF-Brasil
Por WWF-Brasil com informações da Rede Cerrado

Uma corrida com toras - jogo praticado por diversas etnias indígenas - deu a largada ao IX Encontro e Feira dos Povos do Cerrado, que vai até o dia 14 de setembro no Complexo Cultural Funarte, em Brasília. Diversos homens carregaram os pesados troncos de madeira, numa demonstração perfeita da união entre força física e mental.

O Encontro, organizado pela Rede Cerrado - da qual o WWF-Brasil faz parte - reunirá mais de 500 representantes de povos e comunidades tradicionais, vindos dos 12 estados onde a savana brasileira está presente - Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal, Minas Gerais, São Paulo, Paraná, Rondônia, Tocantins, Bahia, Maranhão e Piauí.

Com o tema “Pelo Cerrado Vivo: diversidades, territórios e democracia”, o evento conta com programação composta por debates sobre ameaças e pautas prioritárias para o bioma, oficinas e diversas apresentações culturais. Filhas de Oyá, Forro do B, Planeta Oca e Chico Simões estão entre as atrações culturais do evento, além de Tambor de Crioula, das Encantadeiras e Fiandeiras. Os espetáculos ocorreram das 19h às 22h, exceto no dia 14 que a orquestra Brasília Sofro Sinfônica fará uma apresentação das 10h às 12h. Todos os espetáculos são gratuitos e abertos ao público. 

Haverá ainda uma feira gratuita e aberta ao público com produtos da sociobiodiversidade, como artesanatos, cosméticos, doces, salgados, bebidas e embutidos e fitoterápicos, todos vindos do Cerrado.

Todas as atividades são gratuitas e abertas ao público. Clique aqui e acesse a programação completa: http://bit.ly/IXencontroCerrado

O WWF-Brasil e o Cerrado ameaçado
Chamar a atenção e debater estratégias de conservação do Cerrado a partir dos modos de vida dos povos e comunidades tradicionais é fundamental, uma vez que o bioma é o mais ameaçado do país: mais da metade já foi desmatado. O Cerrado, segundo maior bioma do Brasil, ocupa 24% de todo território nacional, concentra 30% de toda biodiversidade do país e 5% da biodiversidade do planeta. Além disso, abriga oito das doze regiões hidrográficas brasileira, abastecendo seis das oito grandes bacias hidrográficas do país. É no Cerrado, por exemplo, onde estão três dos principais aquíferos do Brasil: Bambuí, Urucuia e Guarani.

O WWF-Brasil atua na região desde 2010, com apoio do Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos (CEPF na sigla em inglês para Critical Ecosystem Partnership Fund) e do Instituto Humanize. As ações buscam promover o incentivo à adoção de boas práticas de produção agropecuária (BPA’s), a implantação de tecnologias sociais e sistemas agroflorestais e o fortalecimento da gestão integrada das Unidades de Conservação e demais áreas protegidas. Também atua com ações de mapeamento territorial com foco no planejamento sistemático da conservação no Cerrado e no apoio ao extrativismo vegetal sustentável com as Cooperativas Agroextrativistas e Associações Comunitárias. Realiza ainda ações de comunicação visando a valorização e o resgate do bioma.

SERVIÇO:
IX Encontro e Feira dos Povos do Cerrado
11 a 14 de setembro de 2019
Completo Cultural Funarte - Brasília (DF)
Eixo Monumental - Setor de Divulgação Cultural (entre a Torre de TV e o Lt 2 Clube do Choro), Plano Piloto

 
A corrida com toras ocorreu na manhã do dia 11, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília
© WWF-Brasil Enlarge
Representantes de comunidades indígenas reunidos para a corrida com toras, em Brasília
© Rafael Nakamura/CTI Enlarge
Representantes Xavante durante a corrida com toras
© Thomas Bauer/CPT Enlarge
Representante do craó carregando uma tora
© WWF-Brasil Enlarge

Comentários

blog comments powered by Disqus
DOE AGORA
DOE AGORA