Ranking lista as empresas mais sustentáveis do mundo | WWF Brasil

Ranking lista as empresas mais sustentáveis do mundo



23 janeiro 2019    
Revista canadense Corporate Knights lançou o ranking das 100 Corporações Mais Sustentáveis do Mundo
© Corporate Knights
Por Taís Meireles

Durante o Fórum Mundial Econômico, em Davos, Suíça, a revista canadense Corporate Knights lançou o ranking das 100 Corporações Mais Sustentáveis do Mundo. Dentre os destaques, está o Banco do Brasil, única empresa brasileira a figurar entre as 10 primeiras da lista e que foi considerada a instituição financeira mais sustentável do mundo de acordo com a avaliação.

Para chegar à lista, a Corporate Knights analisa anualmente os dados financeiros e relatórios de sustentabilidade e entrevista algumas das 7.536 empresas avaliadas, de 21 países diferentes. Esta já é a quarta vez que o Banco do Brasil é listado no ranking entre as instituições mais sustentáveis do mundo. Outras empresas brasileiras que se destacaram foram a Natura, na 15ª posição do ranking, e a Cemig, em 19ª. 

Investimento na Economia Verde

"Estar posicionado na liderança deste ranking no setor bancário mundial reforça que estamos no caminho certo no que se refere à sustentabilidade empresarial", comemora Ana Maria Macedo, Gerente Executiva de Sustentabilidade e Inovação do Banco do Brasil.

Ana Maria se refere ao investimento cada vez maior do BB no setor da Economia Verde, que busca a baixa emissão de carbono, eficiência no uso dos recursos naturais e a busca incessante pela inclusão social.

O banco já investiu R$ 193 bilhões no setor, incluindo recursos para o Programa Água Brasil, parceria de quase 10 anos com a Agência Nacional de Águas, a Fundação Banco do Brasil e o WWF-Brasil.

Juntas, as quatro instituições atuam para garantir a segurança hídrica; aprimorar o sistema de gestão ambiental e de ecoeficiência do Banco do Brasil; e fomentar a transição do país para uma economia verde e inclusiva.

Dentro do contexto da Economia Verde, a parceria já:
  • Elaborou, junto com partes interessadas de cada setor, Diretrizes de Sustentabilidade para o Crédito, que ajudam a balizar o financiamento do Banco do Brasil para oito setores da economia, como agricultura, energia e transporte.
     
  • Realizou, junto com partes interessadas de cada setor e utilizando a ferramenta de Supply Risk Analysis da Rede WWF, avaliações de risco para 11 commodities agrícolas brasileiras, como soja, café e pecuária.
     
  • Desenvolveu uma Calculadora de Projetos Fotovoltaicos online, gratuita e aberta ao público, para que consumidores possam identificar oportunidades para gerar sua própria eletricidade e economizar  através do uso de energia solar.
     
  • De forma similar, criou a Calculadora de Eficiência Hídrica, ferramenta também online, gratuita e aberta ao público, para identificar tecnologias aplicáveis à eficiência hídrica para 10 setores de prestação de serviços e indústria, além de uso doméstico. 
"Com o desenvolvimento de ferramentas de fomento à Economia Verde, promovemos melhores práticas de consumo e produção além de trazer inovações para o setor financeiro no Brasil, ajudando o país a crescer em harmonia com a conservação dos recursos naturais”, afirma Mauricio Voivodic, Diretor Executivo do WWF-Brasil.
Revista canadense Corporate Knights lançou o ranking das 100 Corporações Mais Sustentáveis do Mundo
© Corporate Knights Enlarge
Ana Maria Macedo,Gerente Executiva de Sustentabilidade e Inovação do Banco do Brasil, comemora o resultado
© Banco do Brasil Enlarge
DOE AGORA
DOE AGORA