Mutirão de sinalização nas trilhas do Caminho da Mata Atlântica, em Paraty | WWF Brasil

Mutirão de sinalização nas trilhas do Caminho da Mata Atlântica, em Paraty



01 março 2018    
11 voluntários participaram do evento
© Kika Bradford / WWF-Brasil
Por Ivana Souza

No último sábado (24), 11 voluntários trabalharam na sinalização do Caminho da Mata Atlântica. Dessa vez, a implementação aconteceu na trilha dos Sete Degraus, no Parque Nacional da Bocaina, em Paraty (RJ).
Foram cerca de 7 horas para percorrer os mais de 9 km, com cerca de mil metros de desnível. Ao todo, sinalizamos 18,5 km de trilha (ida e volta) usando pintura rústica com estêncil nos troncos das árvores. O percurso liga a Pedra da Marcela à cachoeira Sete Quedas, local ideal para quem quer curtir os lindos poços naturais do parque.
Participaram do mutirão os servidores do Parque Nacional da Bocaina, guias de Paraty, associação de guias, associação de Jipeiros e voluntários.

Workshop

Já na segunda (26), o trabalho continuou com uma oficina de organização dos núcleos de implantação para os próximos passos do Caminho da Mata Atlântica em Paraty. Os participantes se dividiram em grupos de trabalho para discutir os traçados, identificar os atrativos e organizar as responsabilidades acerca da implementação da trilha.
Além das instituições presentes no mutirão, a oficina contou com a participação da Fazenda Bananal, do Inea e da Área de Proteção Ambiental de Cairuçu. Os dois eventos tiveram apoio da Prefeitura de Paraty, Paratii, Paraty Conventions Bureau, Fazenda Bananal e Federação de Montanhismo do Estado do Rio de Janeiro (Femerj).

Implementação do Caminho

O Caminho da Mata Atlântica é uma trilha de longo percurso que irá passar pelos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro. Serão mais de 3 mil quilômetros que conectam diversos caminhos e travessias, muitos deles já existentes.
São muitos os parceiros que somam esforços para a implementação do Caminho, entre eles o WWF-Brasil, o ICMBio e outras parcerias públicas e privadas, como clubes e federações de montanhismo, grupos de trilha, empresas de ecoturismo, turismo e aventura, voluntários e outros. Curta a nossa página no Facebook e fique sabendo de todas as novidades do CMA! 
11 voluntários participaram do evento
© Kika Bradford / WWF-Brasil Enlarge
A sinalização foi feita usando pintura rústica com estêncil
© Kika Bradford / WWF-Brasil Enlarge
Foram cerca de 7 horas para percorrer os mais de 9 km
© Kika Bradford / WWF-Brasil Enlarge
DOE AGORA
DOE AGORA