Videocasts - Encontro setor privado



25 agosto 2011    
Acompanhe mais de perto o que aconteceu no encontro com o setor privado e veja os destaques das falas dos palestrantes.

Representantes do setor privado, do ministério do Meio Ambiente e das organizações parceiras da iniciativa “Diálogos sobre a Biodiversidade: construindo a estratégia brasileira” falaram sobre a importância do processo, os desafios e as iniciativas em curso.



Francisco Gaetani, secretário-executivo do Ministério do Meio Ambiente, fala sobre a importância da participação social na formulação de políticas públicas ambientais.





Luiz Merico, coordenador nacional da União Internacional para Conservação da Natureza, apresenta a Visão de Futuro para 2050, estabelecida no Plano Estratégico de conservação da biodiversidade da Convenção sobre Diversidade Biológica.





Bráulio Dias, secretário de Biodiversidade e Florestas do Ministério do Meio Ambiente, fala sobre a necessidade de adaptação ao Brasil e posterior implementação das metas de Aichi, definidas durante a COP 10 da CDB que aconteceu em Nagoia, na província de Aichi, no Japão. 





Shelley Carneiro, secretário executivo de Meio Ambiente da Confederação Nacional das Indústrias (CNI), fala sobre uma aproximação do setor empresarial com o tema ambiental e a conservação da biodiversidade.





Beatriz Carneiro, diretora executiva do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), fala sobre a atuação do Conselho na capacitação das empresas para descobrirem em seus negócios boas práticas para conservação da biodiversidade e sobre o potencial brasileiro para se desenvolver usando o capital da biodiversidade de forma sustentável.






Vânia Rudge, representante do Movimento Empresarial pela Conservação e Uso Sustentável da Biodiversidade (MEB), fala sobre a necessidade de valorização da biodiversidade para sua conservação.





Sérgio Besserman, conselheiro do WWF-Brasil, fala sobre a importância do processo de implementação das metas de conservação da biodiversidade no Brasil como um bom exemplo de governança ao mundo.




DOE AGORA
DOE AGORA