WWF-Brasil apoia XXIII Regata 24 Horas em Brasília



02 setembro 2011    
veleiros oceânicos
A maior regata em águas abrigadas do País, em Brasília, é disputada por veleiros oceânicos.
© Antônio Cruz/ABr

Cerca de 300 pessoas, entre convidados e competidores, participaram, nesta quinta-feira (1/9), da entrega de prêmios da XXIII Regata Santos Dummont – a Regata 24 Horas do Lago Paranoá –, que foi disputada entre Sábado e Domingo (27 e 28/8).

Participaram desta edição 33 veleiros de oceano. A primeira colocação geral ficou com a tripulação do barco Obatalá (AABB), seguido pelo barco Fugitivo Uptime (CMIC), e o barco Scarpart (ICB), que chegou em terceiro lugar.

A regata é considerada a maior competição deste tipo em águas abrigadas do Brasil e uma das maiores do mundo. Os barcos largaram ao meio dia de sábado e finalizaram a prova no meio dia de domingo.

Homenagem --
Durante a cerimônia de premiação, o WWF-Brasil foi homenageado como um dos patrocinadores – já pela terceira vez. O jornalista Gadelha Neto, representante do WWF-Brasil, destacou a importância dos velejadores como guardiães das águas, já que dependem de sua qualidade para a prática do esporte com segurança.

Gadelha lembrou que o WWF-Brasil está trabalhando ativamente na conservação da bacia do Lago Paranoá, incentivando as comunidades dos córregos afluentes a tomarem a iniciativa de conservá-los.

Atualmente, seis córregos são monitorados pela comunidade e um, o Córrego Crispim, está em processo de recuperação, em um projeto conjunto com a fabricante de bebidas Ambev.

Todas as atividades da ONG no Lago Paranoá fazem parte do Movimento Nascentes do Brasil, que também opera em Reserva do Cabaçal, no Mato Grosso.

veleiros oceânicos
A maior regata em águas abrigadas do País, em Brasília, é disputada por veleiros oceânicos.
© Antônio Cruz/ABr Enlarge
DOE AGORA
DOE AGORA