Governo do Amazonas avalia políticas de conservação ambiental no estado | WWF Brasil

Governo do Amazonas avalia políticas de conservação ambiental no estado



27 outubro 2010    
O estado do Amazonas vem trabalhando desde 2003 em uma política de conservação que inclui a criação e a implementação de novas unidades de conservação, a redução das taxas de desmatamento e iniciativas relacionadas às mudanças climáticas.
© WWF-Brasil/Juvenal Pereira
Em evento paralelo que aconteceu hoje, dia 27 de outubro, no centro de convenções da 10ª Conferência das Partes da Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB), o governo do estado do Amazonas fez uma avaliação das suas políticas de conservação ambiental relacionadas às metas de redução da perda de biodiversidade da CDB, além de alcançados na redução do desmatamento e criação de áreas protegidas. 

O WWF-Brasil, parceiro do governo do estado em diversas atividades de conservação da biodiversidade no bioma, também participou do evento e apresentou o panorama da efetividade na gestão de unidades de conservação no estado.

Também durante a atividade, o estado apresentou algumas iniciativas de conservação em mosaico , que visam fazer frente à fronteira do desmatamento na região, por meio de estratégias de gestão integrada de áreas protegidas.

O estado do Amazonas vem trabalhando desde 2003 em uma política de conservação que inclui a criação e a implementação de novas unidades de conservação, a redução das taxas de desmatamento e iniciativas relacionadas às mudanças climáticas.

Durante o evento, o foco do debate foi o progresso, nos últimos sete anos, do cumprimento das metas da CDB relacionadas à representatividade ecológica, conservação da biodiversidade, efetividade de gestão, redução do desmatamento e desenvolvimento sustentável. Também foram debatidos compromissos e metas para implementação local e regional de um novo plano estratégico pós-2010 e dos programas temáticos da CDB a serem decididos durante a COP 10.

O evento contou com a presença da Secretária de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do governo do Amazonas, Nádia Cristina d’Avila Ferreira e o superintendente de conservação do WWF-Brasil, Cláudio Maretti. 

“O WWF-Brasil e o estado do Amazonas são parceiros em estratégias de conservação da rica biodiversidade da Amazônia e a organização vem promovendo uma série de atividades de uso sustentável na região”, afirmou Maretti. “O governo do Amazonas tem um papel crucial para o sucesso de estratégias de conservação no estado e tem mostrado seu comprometimento na criação de áreas protegidas”, concluiu o superintendente.

O estado do Amazonas vem trabalhando desde 2003 em uma política de conservação que inclui a criação e a implementação de novas unidades de conservação, a redução das taxas de desmatamento e iniciativas relacionadas às mudanças climáticas.
© WWF-Brasil/Juvenal Pereira Enlarge
DOE AGORA
DOE AGORA