Reduções propostas não são suficientes



18 dezembro 2009    
Promessas de redução de emissões dos países industrializados e dos emergentes colocam o mundo, na melhor das hipóteses, no rumo do aquecimento de três graus centígrados - provavelmente mais do que isso.
Promessas de redução de emissões dos países industrializados e dos emergentes colocam o mundo, na melhor das hipóteses, no rumo do aquecimento de três graus centígrados - provavelmente mais do que isso.
© Andrew Kerr / WWF

Copenhague, Dinamarca – Uma análise confidencial da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas confirma que as atuais promessas de redução de emissões nas economias desenvolvidas e algumas das emergentes colocam o mundo, na melhor das hipóteses, no rumo de três graus centígrados de aquecimento - provavelmente mais do que isso.

“A dura mensagem que chegou aos líderes mundiais reunidos em Copenhague é de que as propostas em discussão – especialmente aquelas feitas pelos países industrializados – estão bem aquém daquilo que o mundo precisa”, disse Keith Allott, coordenador de mudanças climáticas do WWF-Reino Unido.

“Essa avaliação, que data de apenas três dias atrás, está baseada na visão muito otimista contida nas promessas de redução de emissões. Essa visão supõe que os imensos furos por onde escapam as emissões ainda estão longe e que todos os compromissos voluntários de redução serão cumpridos”, disse Allot. “Precisamos de ações urgentes para fazer com que as emissões mundiais tomem um rumo capaz de manter o aquecimento bem abaixo do limiar aceito de dois graus centígrados, de forma a evitar os riscos inaceitáveis de mudanças climáticas catastróficas”, completou.

“É uma questão de matemática simples: precisamos de metas muito ambiciosas para os países desenvolvidos e de novos apoios financeiros para ajudar os países desenvolvidos a terem um crescimento com baixo carbono, bem como de ações para fechar os vários escapes de emissões que tornam os atuais compromissos de redução ainda mais frágeis do que eles parecem à primeira vista.”

Promessas de redução de emissões dos países industrializados e dos emergentes colocam o mundo, na melhor das hipóteses, no rumo do aquecimento de três graus centígrados - provavelmente mais do que isso.
Promessas de redução de emissões dos países industrializados e dos emergentes colocam o mundo, na melhor das hipóteses, no rumo do aquecimento de três graus centígrados - provavelmente mais do que isso.
© Andrew Kerr / WWF Enlarge
DOE AGORA
DOE AGORA