Brasil tem a maior área certificada FSC da América Latina



19 outubro 2006
A Comunidade Kayapó da Terra Indígena do Baú, localizada no município de Altamira (PA), recebeu terça-feira (17/10) a certificação florestal FSC (Conselho de Manejo Florestal) para o manejo da castanha da Amazônia. Com o certificado, o Brasil passa a ter a maior área certificada FSC da América Latina, totalizando 5 milhões de hectares em todo o país.

A certificação assegura que as atividades de extração do óleo da castanha são desenvolvidas de acordo com os padrões internacionais de sustentabilidade ecológica, econômica e social definidos pelo FSC. O certificado é válido para toda a Terra Indígena do Baú, que abrange uma área de aproximadamente 1,5 milhão de hectares, entre os rios Cateté, Curuá e Baú. O processo de avaliação foi conduzido por uma equipe do Imaflora/Programa Smartwood da Rainforest Alliance, e começou em 22 de fevereiro deste ano.

A certificação FSC é apoiada pelo WWF-Brasil desde a sua criação. O WWF-Brasil faz parte do Conselho Diretor do FSC no país, e fomenta a certificação de comunidades e empresas na Amazônia brasileira.
DOE AGORA
DOE AGORA