WWF-Brasil e AES Eletropaulo assinam acordo pela conservação da Amazônia



25 outubro 2005
A organização ambientalista WWF-Brasil e a concessionária de energia elétrica AES Eletropaulo assinam hoje um acordo por meio do qual somam esforços para fortalecer a conservação da natureza na Amazônia brasileira. O acordo visa divulgar informações sobre a necessidade de proteção da rica biodiversidade amazônica e captar doações junto aos consumidores da empresa para investir em áreas protegidas (parques e reservas) na região.

Assinado na sede da AES Eletropaulo, em São Paulo, o acordo prevê o lançamento de uma campanha no primeiro semestre de 2006, que divulgará nas contas de energia mensagens ressaltando os esforços necessários para promover o desenvolvimento sustentável na região e sua importância para a qualidade de vida no país e no mundo. As mensagens, produzidas pelo WWF-Brasil, enfatizarão ainda o papel das áreas protegidas como um dos instrumentos para manter a integridade ecológica de parcelas representativas da Amazônia.

Os recursos captados junto aos clientes da AES Eletropaulo – que terão total liberdade de contribuir ou não – serão integralmente repassados para o WWF-Brasil investir no Programa Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa). O programa é coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente e executado em parceria com o Ibama, o Banco Mundial, o Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio) e o Governo da Alemanha. A Rede WWF é um dos doadores do programa. A meta do Arpa é viabilizar o funcionamento permanente de uma rede de áreas protegidas com aproximadamente 500 mil quilômetros quadrados, área equivalente ao estado da Bahia.

“O acordo que assinamos hoje é mais uma demonstração de que os desafios ambientais só podem ser superados com parcerias desse tipo”, declarou Denise Hamú, Secretária-Geral do WWF-Brasil. “Essa campanha é uma grande oportunidade para os moradores da Grande São Paulo demonstrarem seu compromisso com a conservação desse patrimônio insubstituível que é a Amazônia brasileira”, completou.

Respondendo aos motivos pelos quais a AES Eletropaulo resolveu apoiar essa iniciativa, o presidente das empresas AES no Brasil, Eduardo José Bernini, explicou que “a Amazônia é um patrimônio ambiental mundial, cujos benefícios são globalmente aferidos. Como o Grupo AES tem cidadania planetária, visto que temos operações em 34 países, achamos importante nos engajar nos esforços globais que visem a sustentabilidade do planeta”. Por fim, Bernini esclareceu que dada a importância do programa Arpa, a AES Brasil resolveu compartilhar esse ato de responsabilidade social com todos os consumidores da AES Eletropaulo, que poderão se informar sobre o programa e como podem contribuir, caso queiram.
DOE AGORA
DOE AGORA