Mobilização Social e Educação Sanitária e Ambiental: pressupostos para a sustentabilidade e o exercício do controle social sobre os serviços de saneamento



02 outubro 2006
Autor/Responsável pela Experiência: Ana Elisabeth M. Lins; Hermelinda Mª Rocha Ferreira, Maria Carmem Arruda Pinho e Raineldes A. A. Melo.
Entidade promotora da Experiência: Secretaria de Saneamento / Prefeitura do Recife
População Beneficiada: 75.471habitantes
Localização: Cidade do Recife – Localidades: Mangueira, Mustardinha, Roda de Fogo, Santo Amaro, Vila Santa Luzia, Jardim Uchoa, Poço da Panela, Chão de Estrelas e Aritana.
Período em que a Experiência foi desenvolvida: 2001 a 2005 (em execução).


RESUMO DA EXPERIÊNCIA
A experiência apresentada se insere no temário “Comunicação, educação ambiental e mobilização social” proposto por esta Amostra. A metodologia apresentada vem sendo desenvolvida pela Secretaria de Saneamento da Prefeitura do Recife em áreas de baixa renda, desde 2001, nas localidades de: Mangueira, Mustardinha, Roda de Fogo, Santo Amaro, Vila Santa Luzia, Jardim Uchôa, Poço da Panela, Chão de Estrelas e Aritana, totalizando 75.471 habitantes beneficiados. Aborda a questão da Mobilização Social e das ações de Educação Sanitária e Ambiental como instrumentos para o exercício do controle social sobre os serviços de saneamento, especificamente quando do planejamento, execução e manutenção das obras de Saneamento Integrado. Tem como instrumento / meio a mobilização comunitária e como fim o envolvimento da população no processo de construção de soluções pactuadas, criando espaços para o exercício da cidadania e fortalecimento das organizações comunitárias, contribuindo para a formação da consciência cidadã. No processo são utilizadas estratégias e ações comunitárias como: instituição das Comissões de Acompanhamento do Saneamento Integrado e representantes eleitos, articulação com lideranças, implementação do Programa de Mão-de-obra local, assembléias gerais do SI, capacitação dos agentes envolvidos e ações de Educação Sanitária e Ambiental, entre outras, que propiciando a realização de planos de desenvolvimento sustentável, envolvendo a comunidade na perspectiva de convergir interesses e ações para a efetiva superação da situação-problema.

DOE AGORA
DOE AGORA