Cidades pelo mundo preparam programação especial para a Hora do Planeta



11 março 2009
O ato de conscientização que começou em Sydney, na Austrália, já conta a adesão de 74 países.
© WWF / Earth Hour
A Hora do Planeta 2009 reunirá milhões de pessoas em parques, ruas, praças e casas em todo o mundo para assistir ao apagar das luzes e transmitir sua mensagem contra as mudanças climáticas.

Em Sydney, onde em 2007 aconteceu a primeira Hora do Planeta, todas as balsas do famoso porto da cidade anunciarão com seus apitos o início do evento na Austrália. Enquanto isso, em Melbourne, na praça Federation Square, haverá um concerto com um gerador movido à pedaladas.

Do outro lado do globo, em cidades da Europa, ocorrerão concertos e festas. Na Grécia, por exemplo, os moradores de Atenas se reunirão na Acrópole e receberão instrumentos de percussão para tocarem sob a regência de um maestro, quando as luzes forem desligadas.

No centro de Oslo, voluntários aceitaram o desafio de pedalar para gerar energia e acender lâmpadas, enquanto habitantes de Lisboa jantarão ao ar livre e à luz de velas.

Segundo o diretor executivo da Hora do Planeta, Andy Ridley, esta iniciativa é mais do que um apelo pelo combate ao aquecimento global. “A Hora do Planeta é uma oportunidade para que a comunidade mundial se expresse em uníssono sobre a questão das mudanças climáticas e, ao mesmo tempo, se reúna para celebrar uma coisa que todas as pessoas têm em comum: o planeta”, declarou Ridley.

“Peço a participação de todos nesse momento histórico, seja unindo-se à multidão numa praça da cidade para assistir o apagar das luzes ou como anfitrião de uma festa no escuro em sua própria casa. Desligue suas luzes, celebre o planeta, aproveite esse momento e vote a favor do Planeta Terra”, convocou Ridley.
O ato de conscientização que começou em Sydney, na Austrália, já conta a adesão de 74 países.
© WWF / Earth Hour Enlarge
DOE AGORA
DOE AGORA