Contribua para a conservação da biodiversidade no Brasil



21 dezembro 2011    
Jacaré no rio Xingú, no Parque Nacional da Serra do Pardo (PA).
Jacaré no rio Xingú, no Parque Nacional da Serra do Pardo (PA).
© WWF-Brasil/Adriano Gambarini
Os animais, as plantas e toda a riqueza natural do Brasil e do mundo enfrentam diversas ameaças, tais como destruição do local onde vivem, caça, alterações climáticas, uso excessivo, entre outros. Com isso, a água limpa, o ar puro, nossos alimentos, medicamentos entre outros aspectos fundamentais para a vida humana também estão em risco e é preciso protegê-los rapidamente.

Por isso, o Ministério do Meio Ambiente (MMA) do Brasil – em parceria com o WWF-Brasil, a União Internacional para Conservação da Natureza (UICN) e o Instituto de Pesquisas Ecológicas (IPÊ) - construiu uma estratégia para conservar a biodiversidade do país até 2020 e coloca o documento para consulta pública para que todos possam contribuir.

O documento, fundamental para acabar com a perda de biodiversidade, pode ser encontrado aqui  e estará disponível para receber colaborações até 31 de janeiro.

O texto disponível foi elaborado após o MMA e as organizações colherem contribuições de diversos setores da sociedade brasileira - diferentes níveis de governo, os povos indígenas e comunidades tradicionais, a academia, organizações da sociedade civil e o setor privado – em uma série de encontros durante o ano de 2011.

Entre os aspectos contemplados na estratégia brasileira de conservação da biodiversidade estão o reconhecimento do valor da biodiversidade e dos serviços prestados por ela, a redução da perda de habitats nativos, redução da poluição, a proteção de áreas terrestres e de águas em unidades de conservação, o acesso e a repartição de benefícios dos recursos genéticos da biodiversidade e a mobilização de recursos financeiros para sua conservação.

Não deixe de contribuir e divulgar para seus amigos, e de conhecer mais a fundo como proteger a diversidade biológica do país.

Contexto
O Brasil iniciou o processo de atualização da sua estratégia brasileira de conservação da biodiversidade para 2020 após ter aprovado, junto com mais de 190 países membros da Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB) da Organização das Nações Unidas, o novo Plano Estratégico de conservação da biodiversidade para 2020. O documento internacional foi aprovado em conferência no Japão em 2010. A elaboração da estratégia brasileira contou com o apoio do Ministério do Meio Ambiente, Alimentação e Assuntos Rurais do Reino Unido (Defra) e do Projeto Nacional de Ações Integradas Público-Privadas para Biodiversidade (Probio II).
Jacaré no rio Xingú, no Parque Nacional da Serra do Pardo (PA).
Jacaré no rio Xingú, no Parque Nacional da Serra do Pardo (PA).
© WWF-Brasil/Adriano Gambarini Enlarge
DOE AGORA
DOE AGORA