Estudo de caso sobre os projetos de boas práticas pecuárias no Cerrado e Pantanal



26 janeiro 2016    
Estudo de caso sobre os projetos de boas práticas pecuárias no Cerrado e Pantanal
© WWF-Brasil
O projeto piloto implementado no estado do Mato Grosso do Sul foi base para a publicação “Estudo de caso sobre os projetos de boas práticas pecuárias no Cerrado Pantanal”.

Uma iniciativa do WWF-Brasil, em que o trabalho apresenta os resultados de dois projetos de boas práticas produtivas para pecuária sustentável na Bacia do Alto Paraguai, região que compreende parte dos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, abrangendo uma área de 368 mil km². O projeto teve início em julho de 2010 e em um período de quatro anos foram desenvolvidas as fases de identificação das fazendas, discussão com os proprietários sobre as boas práticas a serem desenvolvidas nas unidades demonstrativas, o planejamento e a implementação do projeto técnico e, ainda, o acompanhamento e o monitoramento na Fazenda Millenium localizada no município de Maracaju, bioma Cerrado, e na Fazenda Vó Tereza no município de Rio Verde, no Pantanal, propriedades em que o projeto foi implementado.

Desde 2008, o WWF-Brasil tem trabalhado com estratégias de atuação junto ao setor da pecuária visando contribuir para o desenvolvimento de boas práticas de produção agropecuária e a promoção de impactos positivos ao meio ambiente.

Neste estudo é possível ver como a organização ambiental vem adotando ações voltadas para o apoio e a difusão das boas práticas de produção, levando em consideração os resultados de estudos e desenvolvimentos de tecnologias, a relação de custo e benefício, os impactos aos recursos naturais e a capacidade de replicação das técnicas agroecológicas para a pecuária.

A publicação está disponível para download no link ao lado.
 
Estudo de caso sobre os projetos de boas práticas pecuárias no Cerrado e Pantanal
© WWF-Brasil Enlarge
DOE AGORA
DOE AGORA