Governo cria Unidades de Conservação no Dia Mundial do Meio Ambiente



05 junho 2006
Em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho), o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, assinou decretos criando novas unidades de conservação na região norte do Brasil. As novas áreas totalizam aproximadamente 2,5 milhões de hectares, e incluem o Parque Nacional do Juruena, no qual o WWF-Brasil irá percorrer em uma expedição a partir do próximo dia 13. A solenidade ocorreu no Palácio do Planalto, em Brasília, com participação da ministra Marina Silva.

Localizado entre o norte do estado do Mato Grosso e sul do Amazonas, o recém-criado Parque Nacional do Juruena conta com uma área de 1,9 milhão de hectares. É o terceiro maior parque do Brasil, atrás apenas do Parque Nacional Montanhas do Tumucumaque (com 3,9 milhões de hectares) e do Parque Nacional do Jaú (com 2,3 milhões hectares). Os dois últimos já recebem suporte do Programa ARPA (Áreas Protegidas da Amazônia).

O Parque Nacional do Juruena era uma das últimas unidades de conservação faltantes para a implementação do Corredor de Conservação do Sul da Amazônia, um mosaico de Unidades de Conservação que podem conter o processo de degradação da Amazônia.

As outras áreas criadas pelo governo federal foram:
. Reserva extrativista Rio Iriri
. Reserva Extrativista Terra Grande-Pracuúba
. Reserva Extrativista Canavieiras

Também foram anunciadas medidas para colocar em prática o Plano BR-163 Sustentável, rodovia que liga Cuiabá, no Mato Grosso, a Santarém, no Pará, como obras de infra-estrutura, ações de ordenamento do território, conservação ambiental, melhoria dos serviços públicos e criação de unidades de conservação.

Expedição Juruena-Apuí - No dia 13 de junho, WWF-Brasil, WWF-Alemanha, ICV e Ibama iniciam uma expedição de 20 dias para fazer um reconhecimento da área e levantar dados atuais do Parque Nacional do Juruena. A expedição começa em Alta Floresta, no Mato Grosso, e termina em Apuí, no Amazonas. O site do WWF-Brasil trará relatos e fotos diárias sobre a expedição. Confira os boletins.
DOE AGORA
DOE AGORA