Artesanato



Artesanato, preservação ambiental e geração de renda no Pantanal

A riqueza do Pantanal não está somente nas belas paisagens e na sua biodiversidade de animais e plantas, mas também nas pessoas que vivem nele.

O projeto da associação de mulheres Amor-Peixe, apoiado pelo programa Pantanal para Sempre do WWF-Brasil, de 2003 a 2009, em Corumbá (MS), é um exemplo de geração de renda e conservação ambiental.

O objetivo do projeto é promover a melhoria da qualidade de vida dos pescadores e de suas famílias, aliada à conservação dos recursos naturais pesqueiros, aquáticos e vegetais e à qualidade ambiental.
 
© WWF-Brasil
Catálogo de produtos da associação Amor-Peixe
© WWF-Brasil

A associação

Criada em 2003, em Corumbá – cidade situada às margens do Rio Paraguai, no coração do Pantanal - a associação produz artesanato a partir do couro de peixe.

Com criatividade, trabalho e dedicação, transformam o que antes ia para o lixo em belos produtos artesanais. Das mãos habilidosas das artesãs, o couro de peixe se transforma em bolsas, cintos, carteiras, roupas, agendas, pulseiras, bijuterias e tudo que a imaginação permite criar.

Formação e educação ambiental

Além da produção de artesanato, a associação desenvolve atividades socioeducativas por acreditar que a Educação Ambiental é um caminho para se promover a qualidade de vida e a consciência comunitária.

Cursos de capacitação no curtimento da pele de peixe e na confecção do artesanato foram realizados com apoio de diversas instituições.

As associadas foram treinadas em diferentes áreas de produção (curtimento, corte, costura, bordado) e aprenderam técnicas para melhorar a qualidade e o design do artesanato.

O WWF-Brasil também apoiou a associação promovendo oficinas de planejamento, gestão e design.

O conhecimento adquirido melhorou a atuação das mulheres que passaram a confeccionar produtos mais atrativos para o mercado, valorizando a icnografia e a tradição do Pantanal.

Reciclagem e inclusão social

Na Amor-Peixe, nada é jogado fora. As escamas se transformam em colares, brincos, e qualquer retalho do couro serve para produzir algum tipo de artesanato.

A experiência da Associação Amor-Peixe em estimular a formação das associadas reflete a importância da inclusão social de mulheres e homens do Pantanal que encontram na pesca e na produção de artesanato o seu meio de vida.

Preparando o futuro

A associação está agora se preparando para o futuro. Para continuar crescendo, precisam ampliar a produção.

Para formar novas associadas, vão repassar o conhecimento para outras mulheres, principalmente as filhas de pescadores, para se juntarem à associação.

“Estamos muito felizes e confiantes no futuro”, diz Joana Ferreira. Pantaneira e de família de pescadores como a maior parte das mulheres que compõem a associação, ela aprendeu que em se tratando de couro, o resíduo não é o final, mas o começo.

Essas mulheres pantaneiras aprendem cada dia mais o que significa a expressão “resíduo do resíduo”, onde nada se perde, tudo se transforma, mostrando, na prática, como contribuem para a redução da pegada ecológica.

Reciclando a própria vida

A convivência com as associadas ajudou Rita Conceição Alves a reciclar a própria vida e a se manter longe das drogas.

Também resgatou a confiança dela em si mesma e no seu potencial transformador. Ela voltou a estudar, concluindo o ensino médio e se prepara para entrar na universidade.

Defensora da natureza, ela conta que pegava tudo que encontrava sobre meio ambiente e levava para os colegas na escola. “Gosto de repassar essas informações porque acredito que assim estou contribuindo para conservar o nosso futuro”, diz Rita.

Desde o começo me apaixonei pelo projeto e sabia que, com trabalho íamos conseguir. Tenho certeza de que temos um futuro grande aqui.

Joana Ferreira, presidente da Amor-Peixe.

Produtos

  •  
© WWF-Brasil / Geralda Magela
    A associação Amor-Peixe possui uma variedade de produtos artesanais, incluindo bolsas, agendas, roupas, sandálias,
    brincos e outros acessórios.

    As matérias-primas utilizadas são a pele de peixes (tilápia, pacu, piranha), palha de Buriti e tecidos naturais.

    Encomendas:
    Associação Amor-Peixe
    End.: Rua Dom Aquino, 405, Centro, 79303-000, Corumbá (MS) – Brasil
    Tel: (67) 3232.2325
    E-mail: amorpeixe@hotmail.com
DOE AGORA
DOE AGORA