© WWF / Michel GUNTHER

Corredor do Iguaçu

Realizado em parceria com o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra), o IAP (Instituto Ambiental do Paraná) e a Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária), o projeto de Reabilitação da Paisagem Florestal do Corredor Iguaçu trouxe importantes ações para o assentamento Celso Furtado, em Quedas do Iguaçu, Paraná.
Primeiro, promoveu a realização do Ciclo de Oficinas de Planejamento da Paisagem, com cerca de 120 lideranças socioambientais locais e a organização de duas edições do Seminário sobre Reforma Agrária e Meio Ambiente no Oeste do Paraná, com 700 participantes.

O trabalho foi seguido da implantação de hortas e viveiros agroflorestais com finalidade sócio-educativa, identificação de áreas para implantação de agroflorestas, oficina de radiojornalismo para capacitação de comunicadores locais e curso de agrofloresta para técnicos ambientais atuantes no assentamento.

Os resultados desse projeto chegaram a ser apresentados no 1º Seminário Internacional Sobre Conservação Transfronteiriça e Reservas da Biosfera, em Foz do Iguaçu (PR) e na 2o Conferência Mundial sobre Reforma Agrária e Desenvolvimento Rural, em Porto Alegre (RS).
 
© WWF-Brasil / Mair FURLAN
Conciliar a agricultura familiar com a conservação ambiental é um dos objetivos do Programa Mata Atlântica
© WWF-Brasil / Mair FURLAN
DOE AGORA
DOE AGORA