| WWF Brasil



Banner 476x63 px para a Expedição Midiática Mariuá Jauaperi rel=
Banner 476x63 px para a Expedição Midiática Mariuá Jauaperi
© WWF-Brasil

Expedição Mariuá-Jauaperi

Conhecer a realidade da floresta e de suas populações e colher informações e dados diretamente em campo são atividades indispensáveis para o trabalho de conservação da natureza. Para isso, periodicamente o WWF-Brasil organiza expedições a áreas consideradas prioritárias para a preservação da floresta amazônica.
De 17 de outubro a 15 de novembro, uma equipe de 65 pessoas participa da Expedição Mariuá-Jauaperi, que passa por duas regiões distintas do médio rio Negro: o Arquipélago de Mariuá e a área prevista para a Reserva Extrativista Rio Branco-Jauaperi.

Durante as duas primeiras semanas de expedição, a equipe de técnicos e pesquisadores visita o Arquipélago de Mariuá, que é considerado o maior arquipélago fluvial do mundo e um armazém de diversidade biológica.

Nas duas últimas semanas, a Expedição Mariuá-Jauaperi se concentra as comunidades que vivem na área em que está prevista a criação da Reserva Extrativista Rio Branco-Jauaperi.

O objetivo é reconhecer as demandas das populações locais, além da importância ecológica da região, para subsidiar as decisões de criação ou não da unidade de conservação.

A Resex foi solicitada pelos comunitários em 2001, os estudos de criação já foram realizados, assim como as audiências públicas, mas a criação efetiva da unidade está aguardando posicionamento da Casa Civil da Presidência da República. A demora decorre do interesse manifestado pelo Ministério de Minas e Energias no potencial hidrelétrico do rio Branco.

Com toda a diversidade de temas ecológicos e sociais presentes na região visitada, a expectativa da equipe de campo é de que a Expedição Mariuá-Jauaperi será uma grande contribuição para a preservação do médio rio Negro, região única pela complexidade ecológica e rica biodiversidade.

Para acompanhar diariamente todos os passos da Expedição, visite o nosso blog.
DOE AGORA
DOE AGORA