Expedição Guariba-Roosevelt 2010 | WWF Brasil

Expedição Guariba-Roosevelt 2010



Pôr do sol em balsa no Rio Roosevelt. rel=
Pôr do sol no Rio Roosevelt.
© WWF-Brasil/Juvenal Pereira

Um primata ainda não descrito pela Ciência, cinco espécies de animais em extinção, 313 aves, 208 peixes – sendo que 16 podem ser novas espécies - e 48 mamíferos de médio e grande porte: este foi o resultado das descobertas efetuadas na Expedição Guariba-Roosevelt, realizada na Amazônia, no Noroeste do Mato Grosso, de 1 a 20 de dezembro de 2010.
A ação teve como objetivo promover uma avaliação ecológica rápida de quatro unidades de conservação situadas no noroeste do Mato Grosso. As informações colhidas estão sendo analisadas e serão utilizadas na elaboração dos planos de manejo dessas áreas protegidas.

O WWF-Brasil registrou tudo e mostra, neste material, todos os detalhes do trabalho conjunto realizado na fronteira entre os estados do Mato Grosso e do Amazonas, na Amazônia brasileira. Boa leitura!


Margens do Rio Roosevelt. / ©: WWF-Brasil/Juvenal Pereira

Conheça o local

Conheça as unidades de conservação, as cidades, vilas e comunidades que foram visitadas durante a Expedição Guariba-Roosevelt.
 

Uma arara azul e amarela (Ara ararauna) vista durante a Expedição Guariba-Roosevelt 2010. / ©: WWF-Brasil/Juvenal Pereira

Espécies

Uma nova espécie de macaco, mamíferos ameaçados de extinção, aves raras e possíveis novas espécies de peixe. Veja aqui as descobertas da Expedição.
 

Flores na margem do Rio Roosevelt, durante a Expedição Guariba-Roosevelt 2010. / ©: WWF-Brasil/Juvenal Pereira

Solo e vegetação

Descoberta de campinarana com características peculiares surpreende cientista. Veja as descobertas.
 

Gustavo Irgang, pesquisador responsável pelo estudo do solo durante a Expedição Guariba-Roosevelt ... / ©: WWF-Brasil/Juvenal Pereira

Entrevistas

Confira as entrevistas com gerentes das unidades de conservação e com os pesquisadores.
 

Descoberta científica

Primata ainda não descrito pela Ciência, pertencente ao gênero Callicebus e vulgarmente conhecido ... 
	© Julio Dalponte
Uma nova espécie de macaco foi tombada no Museu Emílio Goeldi, em Belém (PA). O primata foi coletado em dezembro de 2010 durante a expedição. Saiba mais!

A expedição em números

  • 1 mês de preparação
  • 9 pesquisadores
  • 16 auxiliares de campo
  • 20 dias de expedição
  • 950 km na floresta amazônica

O Rio Roosevelt

Expedição Guariba-Roosevelt 2010. 
	© WWF-Brasil/Juvenal Pereira
Por suas águas navegou, entre 1913 e 1914, o ex-presidente norte-americano Theodore Roosevelt. Saiba mais sobre o rio!

O WWF-Brasil no Juruena-Apuí

A região dos rios Guariba e Roosevelt está situada na subregião Juruena-Apuí, uma das áreas de atuação prioritária para o WWF-Brasil.  Esta área tem aproximadamente 9 milhões de hectares e é formada por florestas – algumas delas inundadas - e trechos de cerrado, que abrigam mais de 500 espécies de pássaros e várias espécies de primatas.

O WWF-Brasil trabalha na área desde 2003 com o objetivo de combater o desmatamento e garantir a conservação da Amazônia. Entre as principais conquistas do trabalho estão a criação do Mosaico do Apuí, em parceria com o governo do Amazonas e, em 2005, a criação do Parque Nacional do Juruena, em parceria com a União e o Instituto Centro de Vida (ICV).