Planejamento do uso da terra

Para avaliar as características, limitações e potencialidades de uma área são necessárias informações biológicas, geográficas e climáticas, entre outras. É a partir desse conhecimento que podemos planejar o melhor uso de um território.
Hoje é possível integrar reunir todo tipo de informações e visualizá-las conjuntamente no formato de mapas e análises, facilitando a compreensão de algo tão complexo como um território e seus processos ecológicos. Esse trabalho é feito pelo WWF-Brasil em seu Laboratório de Ecologia da Paisagem e serve para subsidiar a formulação de políticas públicas ambientais e a atuação da sociedade civil nessas questões.

Esse laboratório identifica as áreas prioritárias onde a natureza deve ser protegida e determina qual o grau de proteção mais adequado para cada caso. O objetivo é dar suporte à tomada de decisão no planejamento do uso da terra - em políticas estaduais como o Zoneamento Ecológico Econômico - e na criação de unidades de conservação, como parques nacionais ou estaduais, reservas ecológicas, extrativistas e outras de uso sustentável. Essa atividade também é crucial para a parceria do WWF-Brasil com o governo federal no Programa ARPA - Áreas Protegidas da Amazônia, cujo objetivo é criar e implementar 50 milhões de hectares de parques e reservas na Amazônia até 2013.

A organização e instrumentalização das comunidades que habitam essas áreas são fundamentais para se atingir o ordenamento territorial. Por meio de uma metodologia participativa, o WWF-Brasil trabalha com uma proposta de implementação do Plano de Desenvolvimento Comunitário, onde as comunidades são conscientizadas sobre as questões ambientais e incentivadas a planejarem seu futuro, além de desenvolverem habilidades específicas para a gestão e o manejo sustentável dos recursos naturais.

Nossos principais projetos são:

  • Programa Áreas Protegidas - Identifica, promove e apóia a proteção de áreas representativas de todas as ecorregiões da Amazônia. Além de ser um dos doadores do Programa ARPA do Governo Federal, o WWF-Brasil presta assessoria técnica e científica para o estabelecimento e consolidação de unidades de conservação (parques e reservas).
  • Laboratório de Ecologia da Paisagem - Constrói modelos para o planejamento sistemático da conservação da natureza a partir da definição de áreas prioritárias a serem protegidas e a identificação de ameaças e oportunidades para a conservação da biodiversidade. São desenhados cenários e mapas em apoio ao processo de decisão para políticas ambientais.
  • ZEE - Zoneamento Econômico Ecológico - O WWF-Brasil trabalhou em parceria com o governo do Acre para fazer do ZEE um modelo de desenvolvimento sustentável do estado. Concluída a primeira fase do zoneamento, o WWF trabalha, agora, para disseminar seus resultados à população acreana e replicar a experiência em outros estados da Amazônia, visando à implementação de sistemas estaduais de unidades de conservação (parques e reservas).
  • PDC - Plano de Desenvolvimento Comunitário - O piloto desse projeto foi realizado com a Associação dos Moradores da Vila Céu do Mapiá. Em parceria com o Instituto Matri de Pedagogia Social e outras organizações locais, o WWF-Brasil envolveu as comunidades que moram dentro da Floresta Nacional do Purus. O resultado foi um PDC, que é o primeiro passo para a elaboração participativa do Plano de Manejo da Flona, fortalecendo o papel da comunidade na gestão daquela área.