Chico Bento é nomeado embaixador da proteção das nascentes do Pantanal | WWF Brasil

Chico Bento é nomeado embaixador da proteção das nascentes do Pantanal



20 Março 2014   |  
Personagem da Turma da Mônica é um amante da natureza e, por isso, está nos ajudando a proteger esse importante bioma brasileiro
© Divulgação/MSP e WWF-Brasil
Como parte do trabalho desenvolvido pelo WWF-Brasil para recuperar e proteger os rios da bacia hidrográfica do Paraguai, Chico Bento será nomeado embaixador da proteção das nascentes do Pantanal. A iniciativa é fruto da inédita parceria da ONG e a Mauricio de Sousa Produções. Por ser um amante da natureza, o personagem foi escolhido para envolver o maior número de pessoas, entre adultos e crianças, e transmitir a importância da preservação da água doce. Para isso, foi produzida uma animação de 30 segundos em que Chico Bento usa seu jeito caipira para conscientizar a população sobre a importância dos rios para conservar o meio ambiente e a qualidade de vida das pessoas.



A recuperação das nascentes do Pantanal é uma das estratégias do Programa Água para a Vida (uma parceria com o banco HSBC) e do Programa Cerrado Pantanal do WWF-Brasil. O bioma é considerado uma das 35 regiões globais prioritárias para a conservação da natureza pela Rede WWF por ser a maior planície alagável do mundo e reunir uma enorme biodiversidade de fauna e flora. O Pantanal depende das suas nascentes para manter o seu rico ecossistema e preservá-las é essencial.

A iniciativa com o Chico Bento é mais um importante passo para a mobilização da sociedade como um todo na conservação do bioma. “Queremos que o Pantanal siga encantando várias gerações, assim como os desenhos do Mauricio de Sousa. Por isso, acreditamos que o Chico Bento ajudará o WWF com a influência que exerce sobre as pessoas, transmitindo noções de sustentabilidade e preservação ambiental”, explica Ciça Wey de Brito, CEO do WWF-Brasil.

Para a Mauricio de Sousa Produções, fazer uma parceria com uma ONG de renome internacional com um extenso histórico de preservação da natureza é motivo de orgulho, ainda mais por ser uma causa nobre como a conservação das nascentes do Pantanal. "A intenção é que novas ações sejam desenvolvidas a partir dessa importante parceria para a conscientização de toda a população", comenta Mauricio de Sousa.

Ações de conservação no Pantanal

Encomendada pelo WWF-Brasil e divulgada no fim do ano passado, uma pesquisa realizada pelo Ibope em 26 estados apontou que duas em cada três pessoas não sabem identificar em qual região do país está localizado o Pantanal. Por outro lado, na opinião de 82% dos entrevistados, a união de esforços entre governos, empresas e sociedade é a forma mais adequada de preservação da região.

Visando melhorias para o Pantanal, o WWF-Brasil participa da construção de um pacto inédito que envolve governos municipais, estaduais e federais, setor privado e instituições da sociedade civil para restaurar as cabeceiras do rio Paraguai e seus afluentes. A região escolhida para a construção do pacto abrange 25 municípios e é responsável por 30% da água que vai para a planície pantaneira e por isso é conhecida como caixa d’água do Pantanal.

O WWF-Brasil tem como experiência-piloto o Movimento pelas Águas do Rio Cabaçal, um trabalho de mobilização e conscientização iniciado em 2009 em uma das áreas de fundamental importância para a região. A nascente que apresentava um grave estado de degradação foi recuperada e teve a qualidade de água elevada para níveis aceitáveis. A intenção é que esse projeto incentive outros munícipios em todo o País.

Comentários

blog comments powered by Disqus