Embarcação doada pelo WWF-Brasil é inaugurada em Fernando de Noronha | WWF Brasil

Embarcação doada pelo WWF-Brasil é inaugurada em Fernando de Noronha



01 Agosto 2017   |  
Bote doado pelo WWF inicia expedições em Fernando de Noronha
© Marcel Favery / ICMBio
Na última semana, foi iniciada a implantação de mais um projeto fruto da cooperação entre o WWF-Brasil e o Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha. Em parceria com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e o Instituto Tríade, na última segunda-feira (24), saiu a primeira expedição marinha para valorização das espécies locais a partir de ações de erradicação de espécies invasoras.

O trabalho será feito com várias saídas de campo, possíveis graças à doação de um bote feita pelo Programa Mata Atlântica e Marinho do WWF-Brasil. O ponto de partida desta primeira expedição foi o Porto Santo Antônio, seguindo para o Morro Dois Irmãos (foto) e por fim para a Ilha do Meio, finalizando no dia 7 de agosto.
 
“Há cerca de cinco anos o Instituto não tinha barco na ilha, uma deficiência enorme para uma unidade de conservação marinha”, avalia Felipe Mendonça, gestor do Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, administrado pelo ICMBio. “Será extremamente valioso o barco neste momento, para a desratização da Ilha do Meio”, completa.
 
O bote será utilizado não somente neste projeto, mas também nas atividades de fiscalização e proteção das unidades. “As Unidades de Conservação marinhas sofrem quando não tem barco de apoio para suas atividades. Precisávamos apoiá-los para ajudar a viabilizar as ações em campo da equipe local”, explica Anna Carolina Lobo, coordenadora do Programa Mata Atlântico e Marinho.
 
“Reconhecido como Sítio do Patrimônio da Humanidade, o arquipélago de Fernando de Noronha é um ambiente muito importante para a conservação da biodiversidade marinha, pois abriga espécies endêmicas, que muitas vezes são mais vulneráveis. Por isso, ações de valorização da fauna local nessas ilhas oceânicas são fundamentais para manter a saúde dos oceanos”, complementa.
 
Além do projeto de valorização de espécies nativas, ainda faz parte do Termo de Cooperação firmado entre o Programa Mata Atlântica e Marinho e o ICMBio/Noronha no início deste ano, o fomento do turismo sustentável e uso público na ilha e atividades de engajamento social e apoio ao fortalecimento da cadeia produtiva da pesca sustentável no arquipélago.
Bote doado pelo WWF inicia expedições em Fernando de Noronha
© Marcel Favery / ICMBio Enlarge

Comentários

blog comments powered by Disqus