Desafio Ambiental divulga selecionados | WWF Brasil

Desafio Ambiental divulga selecionados



25 Agosto 2017   |  
O concurso recebeu 132 inscrições, sendo 63 apenas no bioma Mata Atlântica. As demais iniciativas distribuem-se entre Amazônia, Cerrado, Caatinga e múltiplos biomas.
© WWF-Brasil
O Desafio Ambiental, promovido pelo WWF-Brasil, encerrou suas inscrições no dia 9 de agosto, com a adesão de 132 iniciativas. O Desafio, que visa identificar e fortalecer experiências inovadoras e modelos de negócio e de produção que promovam a restauração florestal, vai proporcionar um período de imersão para oito iniciativas finalistas entre os dias 18 e 21 de setembro.  
Os projetos selecionados são:

Instituto Auá de Empreendedorismo Socioambiental.
Projeto: Potencial das nativas da Mata Atlântica para fortalecimento do ecomercado e recuperação do cinturão verde de São Paulo.
Local: São Paulo (bioma Mata Atlântica).

Fractal – núcleo de inovações
Projeto: Nucleário. 
Local: Rio de Janeiro (múltiplos biomas).

Laboratório de Silvicultura Tropical - ESALQ
Projeto: Restauração na Mata Atlântica com nativas e eucalipto para viabilidade econômica. 
Local: São Paulo (bioma Mata Atlântica).

Associação Rede de Sementes do Xingu
Projeto: Restauração de áreas degradadas na região do Araguaia-Xingú e formação da rede de sementes.
Local: Mato Grosso (biomas Cerrado e Amazônia).

IDESAM
Projeto: Programa carbono neutro – promovendo a conservação florestal e a geração de renda na Amazônia.
Local: Amazonas (bioma Amazônia).

No Clima da Caatinga: Natureza Preservada
Projeto: Conservação ambiental na Caatinga que busca mitigar efeitos do aquecimento global através de ações de restauração florestal envolvendo as comunidades locais.
Local: Ceará (bioma Caatinga).

Universidade Federal de Viçosa
Projeto: Zoneamento climático no estado de Minas Gerais.
Local: Minas Gerais (múltiplos biomas).

Viveiro Lua Nova
Projeto: Produção sustentável de mudas.
Local: Rio de Janeiro (bioma Mata Atlântica).

Estes selecionados passarão agora para as mentorias, promovidas por instrutores convidados pelo Impact Hub e SEBRAE. O objetivo é conhecer o histórico das iniciativas, seus desafios e intenções para o futuro. Além disso, os selecionados vão ser orientados a construir um plano de ação que vai ajudá-los nas próximas fases. 
A imersão, que acontecerá no Parque Nacional da Tijuca no Rio de Janeiro, tem como objetivo promover a conexão entre projetos selecionados e fomentar colaborações e sinergias. Além disso, oferecer conteúdo e apoio ao desenvolvimento dos negócios e prepará-los para a seleção final do Desafio Ambiental, no encerramento da imersão. 

Em comemoração ao dia da árvore, 21 de setembro, será realizado um coquetel de encerramento do Desafio com a premiação em dinheiro de dois projetos selecionados pelo júri técnico e um pelo voto popular. 
“As mentorias e a imersão são processos de aprofundamento e fortalecimento das iniciativas. Uma oportunidade para que elas desenvolvam ainda melhor suas atividades e aumentem suas chances de gerar impactos positivos na natureza e fazer a diferença, seja fortalecendo suas estratégias de comunicação, parcerias ou melhorando seu planejamento de negócios, ” explica Leda Tavares, especialista em conservação do WWF-Brasil. 
Quer saber mais sobre o Desafio Ambiental?
Então acesse: www.desafioambiental.org.br
 
O concurso recebeu 132 inscrições, sendo 63 apenas no bioma Mata Atlântica. As demais iniciativas distribuem-se entre Amazônia, Cerrado, Caatinga e múltiplos biomas.
© WWF-Brasil Enlarge

Comentários

blog comments powered by Disqus