Curso trouxe técnicas para conservação da água no DF



01 Março 2013  | 
A iniciativa ocorreu no Gama, cidade-satélite do Distrito Federal, com a finalidade de formar a comunidade da região em tecnologias integradas pela conservação dos recursos hídricos por meio de soluções locais e eco-eficientes.
© WWF-Brasil / Tiago BarbosaEnlarge
Moradores do Gama, do Lago Norte e funcionários da AmBev participaram no último fim de semana de um curso sobre tecnologias para conservação da água no Distrito Federal.

A iniciativa Água Sustentável: Gestão Doméstica dos Recursos Hídricos faz parte do Projeto Bacias, uma parceria entre WWF-Brasil e Ambev que promove a recuperação e a conservação de uma das principais bacias hidrográficas do país, a Corumbá-Paranoá.

O curso encabeçado por Cláudio Jacintho, engenheiro florestal da organização não-governamental Asa Branca, promoveu um debate sobre a situação hídrica do Brasil e apresentou soluções para o abastecimento de água, a produção de alimentos e o saneamento básico.

“Iniciativas como estas são extremamente necessárias para a recuperação dos córregos do Distrito Federal. Espero que encontros e cursos como estes possam ser replicados e expandidos para a proteção de outras cabeceiras da região”, afirmou Lucinaldo de Carvalho, professor de química e educador ambiental do Gama. 

O Projeto Bacias também promove o monitoramento mensal da qualidade de água no Córrego Crispim e em outros cinco córregos que abastecem o Lago Paranoá, atuando sempre com um modelo de gestão participativa, envolvendo governos, sociedade civil e líderes comunitários.
A iniciativa ocorreu no Gama, cidade-satélite do Distrito Federal, com a finalidade de formar a comunidade da região em tecnologias integradas pela conservação dos recursos hídricos por meio de soluções locais e eco-eficientes.
© WWF-Brasil / Tiago Barbosa Enlarge
Participaram do curso moradores do Gama e do Lago Norte, além de funcionários da AmBev.
© WWF-Brasil / Tiago Barbosa Enlarge

Comentários

blog comments powered by Disqus