Impactos ambientais da alimentação é tema de vídeos do WWF-Brasil | WWF Brasil

Impactos ambientais da alimentação é tema de vídeos do WWF-Brasil



01 Agosto 2017   |  
O Caminho da Comida
© WWF-Brazil
A produção de alimentos para consumo humano e animais, é uma das atividades que mais utiliza recursos naturais como água, energia, minerais e solo. E a cada ano, a humanidade ultrapassa o limite de regeneração da Terra mais cedo, esgotando as reservas naturais do ano antes mesmo dele acabar. O dia 2 de agosto representa o momento a partir do qual a demanda da humanidade sobre a natureza vai além do que o planeta pode regenerar durante um ano.
 
Segundo a Global Footprint Network, uma organização de pesquisa internacional que tem ajudado a mudar a forma de pensar sobre os recursos naturais, identificou que a demanda alimentar representa 28% da pegada ecológica global e o desperdício, 9%. Se cortarmos o desperdício de alimentos pela metade em todo o mundo, por exemplo, seria possível postergar o “Dia da Sobrecarga da Terra” em 11 dias.
 
“Comida é uma poderosa ferramenta para influenciar a sustentabilidade, pois as decisões que tomamos sobre a nossa alimentação provocam impactos ambientais, sociais e econômicos nas cadeias de produção de alimentos”, explica Carolina Siqueira, analista sênior do WWF-Brasil.
 
Nesse contexto, os consumidores precisam estar em contato e exigir mais informações sobre os sistemas de produção, desde a aquisição de matérias-primas até o processo de fabricação e o destino final. Conhecer a composição, as implicações e condições de processamento e de transporte do produto são alguns exemplos de informações que serão cada vez mais necessárias para compreender o consumo sustentável.
 
Sendo assim, o programa Agricultura e Alimentos do WWF-Brasil desenvolveu três produtos de comunicação com o intuito de informar as pessoas não apenas sobre os aspectos ambientais dessa produção, mas principalmente fazer com que elas percebam o poder de transformação que elas possuem a cada garfada.
 
Dois vídeos em formato de animação abordam o tema de forma lúdica. O primeiro deles, “Você come e muda o planeta”, tem o objetivo de questionar o papel e responsabilidades de nós, consumidores, pelo futuro da vida na Terra a partir do uso da natureza para a produção de alimentos.
 
“O desperdício do planeta” é o segundo vídeo que desde o título invoca a triste realidade de “jogar fora” todos recursos naturais utilizados na produção de alimentos que vão para o lixo.
 
Além disso, o programa também preparou um infográfico intitulado “O caminho da comida” a fim de mostrar de maneira simplificada os processos naturais, agrícolas e industriais envolvidos na produção de um prato “típico” de comida do brasileiro contendo: arroz, feijão, alface, tomate, ovo e bife.        
 
“Os hábitos de consumo recentes estão mudando e se conectam cada vez mais com as novas formas de acesso à informação. Portanto, dar acesso ao conhecimento disponível para os consumidores é uma arma poderosa para promover e empurrar as cadeias produtivas para sistemas mais sustentáveis”, conclui Siqueira.
 
#SemDesperdício
Ciente de seu papel de papel alertar, informar e envolver a sociedade, o WWF-Brasil uniu-se à Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e à Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura – FAO para criar a iniciativa #SemDesperdício, lançada em outubro do ano passado.
 
Pelo website e fanpage, a #SemDesperdicio busca ampliar a consciência dos consumidores brasileiros sobre o desperdício de alimentos e gerar um impacto positivo nos hábitos de consumo alimentar. 
O Caminho da Comida
© WWF-Brazil Enlarge

Comentários

blog comments powered by Disqus